Eduardo Amorim apoia Bolsonaro e se integra na campanha

Eduardo Amorim apoia Bolsonaro e se integra na campanha
outubro 18 05:31 2018 Imprimir Conteúdo

O senador Eduardo Amorim (PSDB) decidiu que vai apoiar o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) a presidente da República. Eduardo está em em Brasília e recebeu nesta quarta-feira (17) uma ligação telefônica de Bolsonaro, pedindo “nosso apoio para o segundo turno em Sergipe”.

Na terça-feira (16), o senador tucano já havia recebido telefonemas dos senadores José Medeiros (MT), Magno Malta (ES) e do deputado federal Onyx Dornelles Lorenzoni (DEM/RS), provável ministro chefe da Casa Civil, também convidando o senador para entrar no bloco de apoio a Bolsonaro. Mas só nesta quarta-feira (17) foi que ele decidiu.

Os senadores José Medeiros e Magno Malta, acompanhado do deputado Onyx Lorenzoni, chegam nesta quinta-feira a Aracaju para um ato pela eleição de Bolsonaro e queriam que Eduardo Amorim viesse com eles. Não será possível, porque o senador sergipano preside no Congresso reunião da Comissão do Setor Automotivo do Senado.

No início da semana passada, o diretor do Hospital do Amor (Hospital do Câncer de Barretos), Henrique Prata, já havia feito o pedido a Eduardo para que apoiasse no segundo turno o presidenciável do PSL.

  Editoria: