É preciso que decisões retornem ao Poder Executivo, diz deputado

É preciso que decisões retornem ao Poder Executivo, diz deputado
julho 14 13:34 2020 Imprimir Conteúdo

O deputado Capitão Samuel Barreto (PSC), afirmou que o número de mortes por Covid-19, começou a diminuir no estado de Sergipe. Com bases nos dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), ele lembrou que no último fim de semana, duas pessoas faleceram.  E fez uma avaliação sobre a retomada da economia.

“Espero que nós estejamos vencendo. Se observar os dados da Secretaria da Saúde (em que dos 28 óbitos foram dois no sábado e domingo, já que os outros foram em outras datas e estavam sendo investigados), a gente verifica que as mortes por Covid-19 estão diminuindo e essa é uma boa notícia, principalmente para que a economia seja retomada porque Sergipe está parado”, ressalta acrescentando que no último fim de semana, foram sete mortes por acidentes de trânsito, fora os óbitos por outras causas.

O parlamentar também lamentou que todos os problemas estejam levados ao Poder Judiciário.

“Judicializam tudo e o Judiciário decidiu que o governador Belivaldo Chagas volte atrás nas decisões de retomada da economia.  A mesma justiça autorizou o atendimento odontológico, e eu queria saber quem corre mais risco: quem está sentado na cadeira do dentista com a boca aberta  ou quem está vendendo coco?¨, enfatiza.

“É preciso que as decisões retornem para o Poder Executivo. Entendo que as  atividades em academias e os trabalhos de personal trainer devem ser retomados com todos os cuidados porque é questão de saúde. A construção civil é emprego, é renda para os pobres e está parada por causa de decisão judicial. Peço ao Poder Judiciário, ao Ministério Público que reflitam”, complementa.

Dados oficiais

Pelo Boletim Epidemiológico do novo coronavírus, divulgado na noite da última segunda-feira, 13, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), em Sergipe, 38 mil 221 pessoas já testaram positivo para a Covid-19 e 1.012 morreram.

Ainda de acordo com o boletim, são 23.985 pessoas curadas até o momento. Foram realizados  69.946 exames e 31.725 foram negativados. Estão internadas 737 pacientes, sendo 289 em leitos de UTI e 448 em leitos clínicos, nas redes pública e particular.

“Eu testei positivo e nem meu motorista e nem minha assessora de imprensa que trabalham diariamente comigo, se contaminaram porque tiveram os devidos cuidados. Todos já sabem como se prevenir, usando máscara e álcool em gel”, acredita o deputado.

Por Aldaci de Souza – Rede Alese

Foto: Arquivo Rede Alese

  Editoria: