Dicas para combater a artrite com a alimentação

Dicas para combater a artrite com a alimentação
maio 29 11:26 2018 Imprimir Conteúdo

A artrite é uma doença crônica – ou seja, que não tem cura – e que causa dores, inchaços e rigidez nas articulações, entre outros sintomas. No entanto, é possível conviver bem com a doença, bastando seguir corretamente o tratamento indicado pelo médico e adotar medidas como a prática de exercícios físicos e uma alimentação direcionada para a melhora do quadro.

Além da alimentação, que pode ser uma arma bastante eficaz no combate aos incômodos ocasionados pela patologia, outras medidas auxiliam, como os alongamentos diários, o uso de palmilhas ortopédicas para pacientes com artrite – que atuam na redução do impacto nas articulações, e também os banhos quentes.

Dieta adequada alivia os sintomas da artrite

Inclua sempre que possível os seguintes alimentos na dieta de combate aos sintomas da artrite:

Chia e linhaça: as duas sementes, que são as queridinhas do momento, possuem propriedades altamente benéficas para o organismo, sendo fontes de diversos nutrientes e contarem com um poderoso efeito anti-inflamatório. A chia atua na manutenção da massa muscular, auxiliando também na prevenção contra doenças cardiovasculares. Já a linhaça é uma grande aliada na redução do colesterol, pois é rica em fibras, vitamina E e ácidos graxos essenciais.

Óleo de canola: um excelente substituto ao óleo de soja, o óleo de canola é um amigo do coração. Ótima fonte de ácidos graxos ômega-6, auxilia na redução da pressão arterial e na prevenção das doenças do coração. Rico em vitamina E, é antioxidante.

Azeite de oliva: anti-inflamatório e antioxidante, rico em ômega-3 e polifenóis, o azeite de oliva também conta com vitamina E e beta-caroteno.

Espinafre: um dos alimentos mais potentes, é antioxidante, auxilia na prevenção do câncer, fortalece o sistema imunológico e combate a anemia. Contém cálcio, ferro, ômega-3, vitaminas A, C e E, potássio, ácido fólico, entre outros nutrientes.

Peixes: rico em ômega-3, o salmão contém óleos que fazem bem para o organismo, bem como a sardinha e o atum. Propriedades anti-inflamatórias estão presentes na carne desses peixes, protegendo o sistema cardiovascular e auxiliando na regeneração de tecidos.

Por Aline Matos

Imagem: reprodução shutterstock.com

  Editoria: