Deputado vai à SSP pedir apuração de abuso de autoridade policial

Deputado vai à SSP pedir apuração de abuso de autoridade policial
junho 08 07:18 2022

 

O deputado estadual Iran Barbosa, do Psol, membro da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe, esteve nesta terça-feira (07), na Secretaria de Segurança Pública (SSP), acompanhando o presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Canindé de São Francisco, Missinho Balbino, para uma audiência com o secretário da pasta, delegado João Eloy, a fim de relatar a violência que o dirigente sofreu durante uma abordagem policial e solicitar providências.

Também participaram da reunião a vice-governadora Eliane Aquino; representantes do Movimento Nacional de Direitos Humanos em Sergipe (MNDH-SE), responsável por protocolar a solicitação para a audiência; e assessores do parlamentar.

Missinho relatou ao secretário que na noite da última sexta-feira (03), voltava de Nossa Senhora da Glória em direção a Canindé, junto com mais três pessoas, quando o veículo do grupo, que havia participado de um curso de Rádio e TV do Senac, foi parado, por volta das 23h30, entre os municípios de Monte Alegre e Poço Redondo, por duas viaturas da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac).

Na abordagem, os policiais, encapuzados e sem identificação, pediram para que os quatro integrantes do veículo ficassem em posição de revista. Durante a ação policial, Missinho Balbino questionou o motivo da abordagem e, por conta disso, recebeu um forte tapa no rosto. Em seguida, durante a revista, os policiais seguiram usando de mais violência contra o grupo, chegando a dar um outro tapa no rosto de Balbino, depois fotografando o mesmo. Só depois da sessão de humilhação e tapas, liberaram o grupo para que seguissem para Canindé.

“O objetivo do diálogo com o secretário foi expor o ocorrido e deixar evidente a ameaça que foi feita ao tirarem uma foto minha. Para que tiraram aquela foto? E por que todo aquele excesso apenas por eu ter feito uma pergunta ao policial? Não é esse tipo de comportamento que esperamos de agentes de segurança pública”, afirmou Missinho, agradecendo o apoio do deputado Iran Barbosa, da vice-governadora Eliane Aquino e dos representantes do MNDH-SE.

Foto assessoria

Por George W. Silva

  Editoria: