Delegado Alessandro Vieira sobre André Moura: “somos homens diferentes”

Delegado Alessandro Vieira sobre André Moura: “somos homens diferentes”
janeiro 10 11:06 2019 Imprimir Conteúdo

O senador eleito delegado Alessandro Vieira (Rede) parece não ter gostado ao ser questionado se faria um trabalho semelhante ao realizado pelo então deputado federal André Moura (PSC), quanto às verbas que foram destinadas ao estado de Sergipe.

Na manhã desta quinta-feira (10) Alessandro Vieira foi duro em suas palavras ao ser questionado se faria trabalho semelhante ao de André, afirmando que “não tenho pretensão nenhuma de ter a aparência dele. Somos homens diferentes. Isso não implica em menos qualidade, mas quero fazer isso um mandato com ética e transparência”, disse Alessandro.

O senador falou também sobre o relacionamento político com o governador Belivaldo Chagas (PSD), dizendo que já se colocou à disposição e que inclusive havia agendado uma reunião com o governador ainda nesta quinta-feira para ouvir as reivindicações do governador.

Sobre a política nacional, Alessandro Vieira criticou a nomeação do filho do vice-presidente, general Mourão, Antônio Hamilton Rossell Mourão, como novo assessor especial da presidência do Banco do Brasil,  afirmando que “nesta nomeação não há justificativa técnica a ser feita. Atitude que Mourão e Bolsonaro criticaram bastante. Não adianta você falar uma coisa e praticar outra”, afirmou.

Ao final da entrevista, Alessandro Vieira informou que em seu gabinete em Brasília serão lotados 12 servidores que foram aprovados através de um processo seletivo. Alessandro concluiu dizendo que “atuarei o mais perto possível do povo, fazendo um mandato ético, transparente e atuante”, afirmou o senador eleito.

  Editoria: