Ex-prefeito Sukita deixa o Compajaf e é transferido para presídio de Glória

Ex-prefeito Sukita deixa o Compajaf e é transferido para presídio de Glória
setembro 18 09:34 2018 Imprimir Conteúdo

O ex-prefeito de Capela e candidato a deputado federal, Manoel Messias Sukita, preso na última sexta-feira (14) condenado a cumprir pena em regime fechado, já se encontra recolhido no Complexo Penitenciário Advogado Antonio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria em Aracaju.

Sukita diz ser inocente das acusações e informa que continua candidato e que será votado “preso ou solto”. “Eu entendo como equivocada a decisão do tribunal. Meus advogados já estão recorrendo e espero que a instância superior, o Tribunal Superior Eleitoral, corrija esse equívoco. A campanha continua. Eu serei candidato e vou ser votado preso ou solto”, avisa o ex-prefeito.

Transferência – o ex-prefeito Sukita, quando foi preso em outra oportunidade também foi levado para o Compajaj e quando ganhou a liberdade terminou por fazer uma grave denúncia.

Segundo denúncia de Sukita, da primeira vez ele foi espancado dentro do presídio quando esteve preso. O caso ganhou repercussão à época, a Secretaria de Justiça negou e o caso acabou se encerrando.

As informações no inicio da manhã de hoje eram de que a defesa do ex-prefeito teria entrado com um pedido para que ele seja recambiado para o cadeião de Estância. Por volta das 11 horas, a Secretaria de Justiça informou que o ex-prefeito está sendo transferido do Complexo Penitenciário Antonio Jacintho Filho, no bairro Santa Maria, em Aracaju, onde se encontra no momento para o presídio de Nossa Senhora da Glória.

Matéria atualizada às 11:20h

 

  Editoria: