Defesa Civil e Google lançam nova ferramenta para emissão de alertas

Defesa Civil e Google lançam nova ferramenta para emissão de alertas
junho 08 07:14 2022

 

Nesta terça-feira, 7, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania, por meio da Defesa Civil de Aracaju, acompanhou o lançamento de uma nova ferramenta de emissão de alertas no Brasil, apresentada pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, em parceria com a empresa Google. O evento foi transmitido através do canal do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), no YouTube, onde ficará disponível para acesso.

O secretário da Defesa Social e da Cidadania e coordenador da Defesa Civil Municipal, tenente-coronel Silvio Prado, ressalta que a ferramenta auxiliará o trabalho das Defesas Civis, que já emitem seus alertas pelo Serviço SMS 40199 e, também, pelo Telegram. “Essa ferramenta amplia o alcance da informação de um possível desastre, fazendo com que, de um modo geral, consigamos prevenir riscos e salvar vidas, considerando que toda essa informação gera uma mudança de comportamento na população, contribuindo para as ações de Defesa Civil”, afirma.

A ferramenta utilizará o cadastro realizado pelas Defesas Civis estaduais e municipais do país, na Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap), e possibilitará que os cidadãos sejam alertados e recebam orientações dos órgãos enquanto navegam pela internet.

Ao buscar, no Google, qualquer tema ou palavra-chave relacionados a desastres naturais, as pessoas receberão alertas e informações sobre possíveis áreas afetadas. Aparecerá, em destaque, um banner com informações da Defesa Civil. Os alertas também estarão disponíveis através do Google Maps, ao ser utilizado em área de risco.

Além disso, sete novos tipos de alertas estarão disponíveis, com o objetivo de aumentar ainda mais o detalhamento de informações para a segurança da população e mitigar os riscos decorrentes dessas situações. São eles: enxurrada, deslizamento de solo, incêndio florestal, vendaval, granizo, chuva intensa e rompimento de barragem.

“Haverá informações sobre o período em que estará em vigor e o tipo do alerta; qual a área de abrangência; quais as recomendações, de acordo com tipo de evento. Se o alerta for relacionado a deslizamento de terra, chuvas intensas, alagamentos, ventos fortes, ou outros, lá estarão todas as orientações necessárias”, explica o tenente-coronel Silvio Prado.

A solenidade contou com a presença do Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas Alves, do diretor do Centro Nacional de Desastres (Cenad), Armin Braun, da gerente de Parcerias do Buscador do Google na América Latina, Luisa Phebo e do diretor de desenvolvimento de negócios para América Latina do Google, Alessandro Germano.

Foto: Tatiane Macena

  Editoria: