CSA vai discutir a falta de medicamento que evita rejeição de órgãos transplantados

dezembro 14 15:43 2020 Imprimir Conteúdo

A 243ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde de Sergipe (CES/SE) acontecerá na próxima terça-feira, 15, às 8h30, no auditório da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), localizada na Travessa Basílio Rocha, 33, no bairro Getúlio Vargas, nesta capital. A principal pauta será sobre a falta do medicamento Tacrolimo, que é um imunossupressor e serve para evitar a rejeição de órgãos transplantados. Este remédio é enviado ao Estado pelo Ministério da Saúde e o CES/SE cobra explicações sobre a falta, porque os transplantados de órgãos como fígado, coração e rins não podem ficar sem tomar o medicamento.

Esta será a última reunião presencial do ano e continua obedecendo aos protocolos sanitários de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).  O CES/SE é um órgão colegiado em caráter permanente e deliberativo do controle social relativo ao Sistema Único de Saúde (SUS). É formado por 32 conselheiros titulares, respeitando a paridade de 25% de representantes do governo e/ou prestadores de serviço, 25% de profissionais de saúde e 50% de usuários do SUS.

Serviço

O que: 243ª Reunião Ordinária do CES/SE

Quando: Nesta terça-feira, 15 de dezembro.

Horário: Às 8h30.

Onde: No auditório da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), localizada na Travessa Basílio Rocha, 33, no bairro Getúlio Vargas, Aracaju/SE.

  Editoria: