Cristiane Porto assume coordenação do Comitê Assessor de Divulgação Científica do CNPq

Cristiane Porto assume coordenação do Comitê Assessor de Divulgação Científica do CNPq
julho 24 08:16 2020 Imprimir Conteúdo

Desde 2018, a professora e pesquisadora da Universidade Tiradentes, única representante de uma instituição de ensino privada, atuava como membro no comitê.

Após dois anos de atuação como membro do Comitê de Assessoramento de Divulgação Científica – CA-DC – do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, a professora doutora Cristiane Porto assume a coordenação do referido comitê. A indicação é realizada pelos membros do CA e o mandato será de um ano.

Cristiane é professora da Universidade Tiradentes do curso de Comunicação Social nas habilitações de Publicidade e Propaganda e Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Educação. Além disso, é editora científica do Grupo Tiradentes e diretora da Editora Universitária Tiradentes. Desde 2018, a pesquisadora é a única representante de uma instituição de ensino privada no Comitê de Divulgação Científica.

“O trabalho no Comitê de Divulgação Científica – CNPq (CA-DC) – trata-se de, ao final da chamada, analisarmos os projetos submetidos e discutirmos entre os membros qual o mérito de cada um. Este trabalho acontece pelo menos três a quatro vezes por ano, dependendo da demanda” explica a professora Cristiane Porto.

“Só pode coordenar o comitê quem já faz parte como membro deste há pelo menos um ano. No meu caso, já são dois anos. Além do mérito, também é verificado como os projetos se enquadram na área de Divulgação Científica e como pode colaborar para seu fortalecimento e crescimento”, acrescenta.

Porto é pós-doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, doutora Multidisciplinar em Cultura e Sociedade e mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia. Além de docente da Unit, Porto também é pesquisadora do Instituto de Tecnologia e Pesquisa – ITP – com estudos voltados à Cibercultura, disseminação e divulgação da ciência em suporte on-line e impresso.

Bolsista de Produtividade em Pesquisa nível 2 do CNPq, Cristiane também é integrante da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação – AnPED – e da Associação Brasileira de Cibercultura – ABCiber – e membro efetivo da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT– no Comitê Brasileiro 14 – Informação e Documentação.

Para a pesquisadora, a indicação demonstra o comprometimento e a dedicação à pesquisa científica, assim como enaltece à instituição de ensino. “Quando um docente assume um cargo desse nível demonstra que a IES da qual ele faz parte tem em seu quadro profissionais comprometidos com a pesquisa científica e a manutenção da seriedade das agências de fomento. Além disso, fornece maior visibilidade à instituição, fazendo-a melhor conhecida no contexto nacional”, finaliza.

Sobre o CNPq

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq – é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica, tecnológica e de inovação e promover a formação de recursos humanos qualificados para a pesquisa em todas as áreas do conhecimento.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: