Cortaram as asas do Pato

Cortaram as asas do Pato
junho 24 07:58 2022

Por Adiberto de Souza *

Decididamente, Valmir de Francisquinho (PL), o popular “Pato”, está fora da disputa pelo governo de Sergipe. Apesar dele próprio e de seus aliados ainda se negarem em admitir a derrota no “tapetão”, a rejeição pelo Tribunal Superior Eleitoral do recurso contra a inelegibilidade de Valmir não será modificada. A promessa de recorrer contra a decisão do TSE não passa de jus sperniandi, de discurso vazio para manter acesa a esperança dos simpatizantes do agora político inelegível. O certo é que cortaram as asas do “Pato” em seu primeiro voo rumo à campanha majoritária. Portanto, só resta a Valmir reunir o seu grupo político para definir qual dos demais pré-candidatos ao governo merece o apoio da grande legião de sergipanos que prometiam votar nele. No mais, é choro de quem foi derrotado antes mesmo de a disputa eleitoral começar pra valer. Misericórdia!

Linda sem mágoas

Engana-se quem pensa que a vereadora Linda Brasil (Psol) ficou triste por não ter discursado no evento realizado pelo PT em Aracaju, contou com a presença do presidenciável Lula da Silva (PT). A parlamentar aracajuana disse ter se sentido inteiramente contemplada pela fala da professora Sônia Meire, “uma militante histórica do nosso partido”. Linda deixa claro que o Psol sergipano não apoia o pré-candidato a governador Rogério Carvalho (PT), devendo indicar postulantes aos cargos majoritários. Quanto ao apoio a Lula, ela jura que é um consenso no Psol. Ah, bom!

Voltou a atender

O Hospital São Lucas voltou a atender os beneficiários da Unimed em Sergipe. Em nota, a unidade hospitalar disse que o retorno do atendimento ocorreu após a cooperativa médica ter se comprometido a regularizar os repasses financeiros em atraso com o São Lucas, principal motivo para a suspensão do atendimento, ocorrida no início da semana. Antes desse acordo, o Ministério Público Estadual entrou em ação para evitar que os usuários da Unimed continuassem sendo prejudicados. Aff Maria!

Cadê a ciclovia?

Como perguntar não ofende: alguém sabe a quantas anda o projeto para construção de uma ciclovia entre Aracaju e Salvador? Em maio do ano passado, a Codevasf fez o maior barulho para anunciar a possibilidade de se iniciar o estudo de viabilidade técnica visando implantação da tal rota de ciclismo entre as duas capitais. Seriam 320 quilômetros de ciclovia à disposição dos amantes da magrela. De lá pra cá, não se falou mais no assunto. Será que não deu pedal? Cruzes!

Atrás de apoio

Quem deu com os costados na Câmara Municipal de Lagarto foi a delegada Danielle Garcia (Pode), pré-candidata ao Senado. Na conversa com os parlamentares lagartenses, a fidalga disse defender a bandeira do municipalismo: “São os vereadores que mais estão próximos da população, acompanhando diariamente os problemas e buscando soluções”, discursou Garcia. Segundo ela, o fortalecimento dos municípios é fundamental, pois é junto às prefeituras que as pessoas buscam serviços básicos essenciais. Então, tá!

Herdeiro natural

E quem está de olho num apoio do inelegível Valmir de Francisquinho (PL) é o pré-candidato a governador João Fontes (PTB). Alguns simpatizantes do petebista afirmam que a adesão será natural pelo fato de Fontes apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PL), que vem a ser do mesmo partido do ex-prefeito de Itabaiana. Amigos do manda chuva do PTB em Sergipe dizem, inclusive, que se Valmir resolver apoiar outro pré-candidato ao governo será rechaçado por seus simpatizantes. O diabo é que o próprio Francisquinho nunca nutriu tanta simpatia assim por Bolsonaro. Home vôte!

Celular e direção

Mais de 19% dos motoristas das capitais usam o celular enquanto dirigem. Isso significa que de cada cinco pessoas, uma afronta a lei. Feita pelo Ministério da Saúde, a pesquisa também mostrou que as pessoas com idades entre 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (26,1%) são as que mais assumem esse comportamento de risco. Os motoristas com nível superior também são os que mais recebem multas por excesso de velocidade e que associam o consumo de bebida alcoólica e direção. Danôsse!

Conforto de amiga

Tida como possível candidata a vice-governadora numa chapa encabeçada por Valmir de Francisquinho (PL), a vereadora aracajuana Emília Corrêa (Patriota) lamentou a manutenção da inelegibilidade do aliado político. A distinta recorreu a frases bíblicas para confortar o ex-pré-candidato: “A vitória do justo sempre vem, está escrito! O povo de Sergipe conhece Valmir de Francisquinho, sua história, sua luta e estou certa que o resultado das urnas sem ele, indica uma vontade que não é do povo. Conte comigo meu amigo. lutaremos até o fim. A verdade vai vencer”. Só que o fidalgo perdeu no TSE e está fora da disputa eleitoral. Marminino!

Apoio de cassado

E quem também saiu em defesa de Valmir de Francisquinho (PL) foi o ex-deputado federal Valdevan Noventa (PL). Para quem não lembra, o ex-parlamentar foi cassado pelo TSE e teve a cassação confirmada pelo STF por compra de votos nas eleições de 2018. Após o TSE ter mantido a inelegibilidade de Valmir, Valdevan revelou que “nem tudo o que acontece é da forma que nós esperamos. Mas uma coisa é certa: nada e nem ninguém vai diminuir a nossa força de vontade em trabalhar pelo povo sergipano”. Por fim, Noventa disse a Valmir que “estou contido e não abro”. Crendeuspai!

Alvo errado

A Justiça erra o alvo quando abre guerra apenas contra quem “planta” informações falsas durante a campanha eleitoral. O correto era punir com a perda do mandato e dos direitos políticos os safados que mentem cinicamente para os eleitores. Não se nega que as fake news disseminadas nas redes sociais fazem um mal danado à sociedade, contudo bem menos do que as lorotas cabeludas contadas pelos maus políticos. Estes mentirosos sim, deveriam ser banidos da vida pública o quanto antes. Desconjuro!

Filosofia de Britto

Do sergipano Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal: “Os índios assistiram nus à primeira missa do Brasil. Não se sabe de outra missa assistida por humanos tão sem pecados”. Supimpa!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no jornal estanciano A Razão, em 2 de julho de 1911.

É editor do Portal Destaquenotícias

  Editoria: