Corda no pescoço

Corda no pescoço
setembro 26 08:26 2019 Imprimir Conteúdo

Por mais que prometa austeridade, o governo de Sergipe não consegue reduzir a despesa com pessoal. Há muito tempo, essa rubrica permanece acima dos 48%, portanto, beirando o milite prudencial de 49%. Segundo a Secretaria da Fazenda, a despesa com os servidores permanece na estratosfera por culpa da Previdência estadual e de dívidas não quitadas no passado. Sem conseguir diminuir os gastos com a máquina, nem aumentar a arrecadação, o Executivo vive um grande dilema: ultrapassar o limite prudencial e, consequentemente, ter problemas com a liberação de recursos federais. Para evitar mais este dissabor, o governo precisa urgentemente diminuir o elevado número de cargos comissionados. Resta saber se o governador Belivaldo Chagas (PSD) terá coragem de contrariar os aliados políticos, protetores da grande maioria dos come e dorme que embolsam gordos salários para não fazer nada. Crendeuspai!

Bem na fita

O sergipano André Moura (PSC) caiu mesmo nas graças do governador carioca Wilson Witzel (PSL). Após assumir a Secretaria de Representação do Rio de Janeiro em Brasília, o moço substituirá José Luiz Zamith na Secretaria da Casa Civil. A indicação de Moura para esse novo posto revela a força de seu protetor político e presidente do PSC, pastor Everaldo, aliado de Witzel. André também é muito amigo do carioca Eduardo Cunha (MDB), ex-presidente da Câmara Federal e atualmente presidiário do Complexo de Bangu Um. Vixe!

Prepare o bolso

Um fiscal de tributos lamentou que o governo de Sergipe siga taxando os produtos da cesta básica. O moço fez a queixa enquanto o secretário da Fazenda, Marco Antônio Queiroz, apresentava na Assembleia o balanço do primeiro quadrimestre deste ano. Segundo o fiscal, após apimentar com ICMS os preços da farinha de mandioca e da carne verde, agora foi a vez de o governo embutir o imposto estadual nos preços do café, da salsicha a granel e até da mortadela. Com essa, só apertando ainda mais o cinto. Isso pra quem ainda usa esse adereço. Misericórdia!

Cidade grande

E hoje tem congestionamento de veículos na avenida Beira Mar. Para garantir o infernal engarrafamento, a Prefeitura vai manter o trânsito daquela via em meia pista nos dois sentidos. Aí não tem como o filho de Deus não sentir o gostinho dessa novidade importada das grandes metrópoles. Fala-se pelas esquinas que a Prefeitura também estuda “adquirir”, em breve, o rodízio de veículos para que a nossa capital perca, de uma vez por todas, esse ar de província. Homem, vôte!

Sob nova direção

O deputado federal Fábio Reis, presidente do MDB sergipano, está mobilizando os emedebistas para a convenção nacional do partido. Convocado para eleger o diretório nacional a comissão executiva da legenda, o evento vai acontecer, domingo próximo, em Brasília. Além de Fábio, Sergipe deve enviar para a convenção o ex-governador Jackson Barreto, deputados estaduais e dirigentes locais do MDB. Então, tá!

Ingerência política

O major Márcio não é mais comandante da 5ª Companhia da Polícia Militar, sediada em Neópolis. O comando da PM não explicou a repentina mudança, porém comenta-se, à boca miúda, que o oficial foi punido por cumprir rigorosamente o Código Nacional de Trânsito. O vereador aracajuano Cabo Amintas (PTB) disse ter sido informado que a transferência se deu após major Márcio ter apreendido o carro irregular do filho de uma liderança política da região ribeirinha de Sergipe. Marminino!

Somos jovens

Nossos jovens são otimistas, confiam em si, nas suas capacidades e nos seus talentos, mas demandam uma maior confiança da sociedade. É o que mostra a pesquisa “Acreditamos nos jovens”, realizada para a Arcos Dorados. Segundo o levantamento, 77% lamentam a exigência de experiência anterior; 69% reclamam da falta de oportunidades; e, para 68%, há falta de confiança na sua geração. Danôsse!

Reforma em debate

Os Valadares (PSB) – pai e filho – assistiram uma palestra sobre reforma Tributária ministrada pelo economista Eduardo Fagnani. Organizado pela Fundação João Mangabeira, o evento reuniu, em Brasília, dirigentes do PSB de todos os estados. A proposta apresentada por Fagnani prega o aumento da tributação sobre renda e patrimônio e, ao mesmo tempo, sugere que se reduza a taxação sobre consumo, sem alterar a carga tributária. Ah, bom!

Queixa parlamentar

O deputado Gilmar Carvalho (PSC) lamenta que muitas propostas apresentadas em plenário não sejam incluídas na pauta de votação da Assembleia. Segundo ele, isso ocorre principalmente com os pedidos de criança de CPIs e de frentes suprapartidárias. Gilmar disse que o comportamento da mesa diretora desestimula a atuação dos parlamentares. Ele mesmo, conforme confessou, já pensou até em não comparecer às sessões plenárias e que só o faz em respeito aos sergipanos. Cruzes!

Goleada azulina

Como era esperado, o jovem Hyago França foi reeleito, ontem, presidente do Confiança. O moço teve 362 dos 416 votos válidos, enquanto seu concorrente Sérgio Melo foi votado por somente 42 sócios torcedores. O resultado garante a Hyago dirigir o clube proletário até 2022. Seu principal projeto é montar um bom time para que o Confiança faça bonito na Série B do Campeonato Brasileiro. Tomara!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe, em 6 de agosto de 1908.

  Editoria: