Conselho Federal e OAB-SE cobram ágil responsabilização de envolvidos no assassinato de Genivaldo, em Umbaúba

Conselho Federal e OAB-SE cobram ágil responsabilização de envolvidos no assassinato de Genivaldo, em Umbaúba
maio 29 06:41 2022

 

A Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe (OAB/SE) e o Conselho Federal cobraram neste sábado (28), a prisão cautelar dos policiais rodoviários federais envolvidos na morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, que foi morto após abordagem na cidade de Umbaúba, no dia 25 de maio.

O Conselho Federal e a Seccional de Sergipe da Ordem dos Advogados do Brasil manifestam indignação pelo assassinato de Genivaldo de Jesus Santos, praticado com fortes indícios de tortura, e atuarão diretamente no caso para cobrar das autoridades as providências cabíveis, inclusive prisão cautelar dos envolvidos, para garantir ágil, transparente e eficiente investigação, sempre franqueando a ampla defesa e acesso aos autos pelos suspeitos.

A OAB Nacional e a OAB Sergipe requerem a adoção de medidas preventivas imediatas pela PRF, para evitar que situação semelhante volte a acontecer, e para garantir a prestação de assistência à família da vítima. As instituições lamentam o triste episódio, que não pode ser considerado isolado, pois o assassinato sistemático de pessoas negras é uma triste realidade de nosso país, que carece de ações específicas para ser superado.

Com informações da OAB/SE e Conselho Federal

  Editoria: