Chapas indefinidas

Chapas indefinidas
agosto 14 08:47 2020 Imprimir Conteúdo

Vários partidos ainda não fecharam suas chapas majoritárias em Aracaju. Embora tenham menos de um mês e meio para fazer isso, algumas legendas seguem sem definir nem mesmo o cabeça de chapa. Outras não sabem se vão apresentar candidato próprio à Prefeitura da capital.  Os que já tem prefeiturável definido continuam negociando nos bastidores quem disputará o cargo de vive. Esse é o caso, entre outros, do PDT, do PT, do PTB e do DEM. Os demistas, inclusive, ainda não bateram o martelo sobre a pré-candidatura da delegada Georlize Teles. O PDT e o PT vivem situações diferentes. A problema do primeiro é que tem políticos demais nos partidos aliados querendo ser parceiro de chapa do prefeito Edvaldo Nogueira. Já os petistas estão com dificuldades para fazer uma coligação, podendo até optar por uma chapa puro-sangue por completa falta de opção. Pior, para os indecisos, é que todo esse quebra cabeça terá que ser montado até o dia 26 de setembro, prazo final para a realização das convenções. Então, tá!

Tchau e bença!

E a Petrobras segue desarmando o circo em terras sergipanas. Ontem, foi desativado o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo), localizado na praia de Atalaia. Ao apagar as chamas das torres do terminal foi o sinal de encerramento das atividades. “Este ato revela que toda a tubulação estava despressurizada”, disse ao portal Infonet diretor do Sindipetro, Alealdo Hilário. O Tecardo armazenava o petróleo produzido nos campos terrestres e na costa sergipana. Esse desmonte da Petrobras em nosso estado é lastimável. Desconjuro!

Fique ligado

O motorista que deixa o veículo aberto e com a chave na ignição não tem direito ao seguro se o carro for furtado. Segundo decisão do Superior Tribunal de Justiça, essa conduta voluntária do segurado ultrapassa os limites da culpa grave, incluindo-se nas hipóteses de agravamento de risco, determinando o afastamento da cobertura securitária. Portanto, abra olho e feche o carro. Ôxe!

Luto

A Câmara de Aracaju decretou luto de três dias pela morte do ator lagartense Lino Corrêa. Irmão da vereadora Emília Corrêa (Patriota) e do radialista Paulo Corrêa, ele morreu ontem, no Rio de Janeiro, vítima de uma parada cardíaca. Segundo a vereadora, o ator vinha lutando bravamente contra um câncer. Filho do saudoso empresário lagartense José Corrêa Sobrinho, o artista, que também era odontólogo, morava no Rio de Janeiro há 38 anos. Descanse em paz!

Baculejo pesado

A Polícia Civil amanheceu, nesta sexta-feira, dando um senhor baculejo no antigo prédio da Delegacia Plantonista, situado no centro de Aracaju. O local foi invadido há cerca de um ano e meio, abrigando, atualmente, cerca de 35 a 40 pessoas. A ação policial foi desencadeada devido ao aumento do número de arrombamentos no centro da capital. Segundo a Polícia, parte dos ocupantes do prédio tem envolvimento em furtos. Cerca de 150 policiais civis e militares participaram da bem-sucedida operação. Bravo, bravo!

Presenças garantidas

O pré-candidato a prefeito de Aracaju, Lúcio Flávio (Avante), informou ter sido convidado para participar dos eventos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Sergipe. O capitão vem, segunda-feira próxima, participar da inauguração da Termoelétrica Porto de Sergipe e do primeiro terminal de GNL privado do País, na Barra dos Coqueiros. Também visitará a Fafen, em Laranjeiras. Os bolsonaristas ligados ao Movimento Brasil, à Direita Sergipana e à Organização Nacional dos Movimentos vão recepcionar Bolsonaro no Aeroporto, de onde sairão em carreata até a Barra dos Coqueiros. Marminino!

Delegada defendida

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Aracaju, Rodrigo Valadares (PTB), saiu em defesa da delegada de polícia Katarina Feitosa (PSD). Segundo o prefeiturável, quando ele foi ameaçado de morte, tanto Katarina quanto o secretário da Segurança Pública, João Eloy, lhe deram total apoio.  Rodrigo lamentou que “por questões politiqueiras, a delegada esteja sendo injustamente atacada”. Danôsse!

Concorrência pesada

Sergipe já tem quase 14 mil advogados inscritos na OAB. Para a Ordem, apesar do elevado número de causídicos, o mercado local ainda não está saturado. O presidente da seccional da OAB, Inácio Krauss, lembra que se a concorrência está maior, também há inúmeras novas áreas de atuação, novos nichos. O causídico disse que “o profissional ético, técnico, corajoso e consciente de seu papel tem espaço reservado”. Então, tá!

Acordão a caminho

Não estranhe caso um grupo de partidos se junte para disputar a Prefeitura de Aracaju. Sob a coordenação do presidente do DEM, José Carlos Machado, cerca de cinco siglas estão discutindo a formação de um chapão para enfrentar o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). O nome preferido do grupo para ser cabeça de chapa é o da vereadora Emília Corrêa (Patrioca). Ela, inclusive, daria uma entrevista coletiva hoje para falar sobre a hipótese de disputar a Prefeitura, mas cancelou me virtude da morte do irmão Lino Corrêa. Aguardemos, portanto!

Puxa-sacos numa boa

Enquanto mantém políticos sem mandatos e apadrinhados em gordos cargos comissionados, o governo de Sergipe atrasa os salários de parte dos servidores, aposentados e pensionistas por 11 dias. Na verdade, não há dinheiro para pagar em dia os coitados dos servidores e aposentados porque o governo sempre desperdiçou para agradar quem nada faz, como ex-prefeitos e apaniguados. Estes bem pagos “come e dorme” embolsam uma grana legal só para integrar a claque de puxa saco, encarregada de aplaudir o chefe. Um absurdo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 8 de outubro de 1909.

  Editoria: