CES/SE e Funesa fazem capacitação sobre o papel do conselheiro de saúde

maio 07 08:13 2022

O Conselho Estadual de Saúde de Sergipe (CES/SE) e a Fundação Estadual de Saúde (Funesa) da Secretaria de Estado da Saúde (SES) estão capacitando os conselheiros estaduais de saúde titulares sobre o papel do conselheiro e a importância do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). A primeira etapa do treinamento ocorreu nesta sexta-feira, 6 de maio, das 8 horas às 17 h, na sede do CES/SE.

O vice-presidente do CES/SE, Oscar Rocha, fez a abertura da capacitação e disse que este é um momento muito importante para o controle social sergipano. “A atual composição do Conselho Estadual de Saúde de Sergipe foi renovada em mais de 90%, ou seja, são conselheiros novatos, no primeiro mandato. Nós precisávamos entender de uma forma mais didática sobre qual é o papel do conselheiro de saúde e qual sua contribuição para o fortalecimento do SUS em Sergipe”, explicou Oscar.

Módulos

A Funesa elaborou a capacitação que está dividida em quatro módulos. Este é o primeiro momento e os demais acontecerão em 20/05, 03/06 e 17/06. Este treinamento foi ofertado para os 32 conselheiros titulares e na próxima oportunidade será disponibilizado para os suplentes também. “A Funesa, através da Escola de Saúde Pública, fica muito feliz em contribuir com este importante momento de qualificação do controle social de Sergipe, na perspectiva de estar fortalecendo estes conselheiros que tanto atuam na defesa do SUS. Inclusive é previsto, no próprio SUS, a política de educação permanente que foque no controle social”, frisou a diretora geral da Funesa, Lavínia Aragão.

A facilitadora convidada foi a doutora em Saúde Pública, professora da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) e Coordenadora de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Salvador(BA), Sara Cerqueira. “É uma excelente oportunidade para que os conselheiros consigam ampliar a consciência sanitária e aperfeiçoar a gestão participativa do SUS e assim, esperamos contribuir com alguns conhecimentos nesse processo, porque ser conselheiro é uma função pública relevante, bastante desafiadora e requer uma grande dedicação”, ressaltou.

A técnica da Diretoria de Planejamento da SES, Patrícia Lima, apresentou uma análise de situação de saúde de acordo com o Plano Estadual de Saúde (PES) 2020-2023, com dados e gráficos.

Para o conselheiro Silberlan Neves, esta é uma oportunidade de aprender mais sobre a função do Conselho de Saúde. “Este evento vem fortalecer o nosso trabalho de controle social no âmbito estadual e dar apoio também aos municípios para que consigamos, de fato, construir um SUS para todos com o direito à saúde respeitado. Que essa capacitação venha somar a nossa caminhada enquanto conselheiro para que possamos cumprir bem a nossa função”, enfatizou.

Por Gleydiomar Souza Góis

Foto: Flávia Pacheco (Ascom/SES)

  Editoria: