CELSE e GE palestram em jornada de eletromecânica do IFS

CELSE e GE palestram em jornada de eletromecânica do IFS
julho 31 05:08 2018 Imprimir Conteúdo

Alunos dos cursos de Eletromecânica, Engenharia Elétrica e Automação Industrial conheceram projeto do Complexo Termoelétrico

Na tarde da última quinta-feira (26), representantes da CELSE-Centrais Elétricas de Sergipe e da GE ministraram palestra na 2ª Jornada de Eletromecânica do Instituto Federal de Sergipe, no campus de Lagarto. Na ocasião, alunos dos cursos de Eletromecânica, Engenharia Elétrica e Automação Industrial tiveram a oportunidade de conhecer detalhes do projeto do Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, em construção em Barra dos Coqueiros.

O gerente de Projetos da CELSE, Marylam Sales, fez uma apresentação técnica do empreendimento e destacou a importância de apresentar o complexo à classe acadêmica. “Estamos sempre à disposição para falar sobre nosso investimento em Sergipe e ficamos felizes com o interesse dos estudantes em aprender mais sobre geração de energia, que futuramente podem trabalhar na área. Agradecemos o convite”, destacou.

O gerente de projeto da GE em Sergipe, Adriano Cezário, explicou que a usina vai operar em ciclo combinado, com três turbinas a gás modelo 7HA e uma a vapor, além de um gerador de vapor de recuperação de calor (HRSG), podendo atingir, sob determinadas condições, uma taxa de eficiência de 62%. “A turbina a gás 7HA é uma das mais eficiente do mundo e detentora do recorde de eficiência atestado pelo Guinness World Records, a usina sergipana será a primeira do Brasil a contar com essa tecnologia”, ressaltou.

A GE é a empresa contratada pela CELSE para construir, operar e fazer a manutenção da usina termoelétrica, além de aplicar soluções digitais para potencial otimização operacional e segurança cibernética.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFS, Luciano Mendonça, agradeceu a CELSE e a GE pela oportunidade de levar mais aprendizado aos alunos. “É uma honra receber os representantes da termoelétrica em nosso campus. Inclusive, enquanto sergipano, fico feliz em ver a empresa trazer geração de emprego e renda para o nosso estado. Foi uma grande oportunidade para os alunos terem contato direto e conhecer mais de perto o projeto”, ressaltou.

O aluno Anthony Leão, estudante do terceiro período do Engenharia Elétrica, ressaltou que conhecer o empreendimento foi um privilégio. “Fiquei impressionado com a grandiosidade do Complexo que está sendo construído em Sergipe e com os cuidados promovidos pela empresa para reduzir os impactos ambientais durante sua implantação. É muito bom saber que a CELSE utilizará gás natural liquefeito, uma opção muito mais limpa que o diesel, por exemplo.”

O Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, projeto da CELSE, é o maior investimento privado já realizado no estado, num total de R$ 6,4 bilhões. Quando entrar em operação, será a maior termoelétrica a gás natural da América Latina. O empreendimento inclui, além da usina termoelétrica, uma Linha de Transmissão e Instalações Offshore, que contemplam uma unidade de armazenamento e regaseificação GNL e gasoduto, além de captação da água do mar para o sistema de resfriamento.

Sobre a CELSE

A Celse (Centrais Elétricas de Sergipe S.A.), empresa criada pela brasileira EBRASIL-Eletricidade do Brasil e a Golar Power (joint-venture entre a norueguesa Golar LNG e o fundo de investimentos americano Stonepeak Infrastructure Partners), foi fundada em 2015 para a geração e comercialização de energia elétrica a partir de unidades geradoras de energia termoelétrica a gás. A empresa, instalada no estado de Sergipe em um terreno de 120 hectares, no município de Barra dos Coqueiros, terá uma capacidade instalada de 1.551 MW. A Celse foi vitoriosa no Leilão de Energia Nova A-5 em abril de 2015, estabelecendo 26 contratos para entrar em operação comercial em janeiro de 2020.

CELSE  – CDN Comunicação

 

  Editoria: