CEDM, presidido pelo CRP19, realiza reunião para composição das comissões de articulação

maio 24 10:50 2022

Com o  intuito de formular e propor diretrizes de ação governamental voltadas à promoção dos Direitos das Mulheres e atuar no Controle Social de Políticas Públicas de igualdade de gênero, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM), realizou no dia 09 de maio,  auditório da Biblioteca Epifânio Dória, em Aracaju (SE),  reunião ordinária para composição das comissões de articulação  política, de planejamento e monitoramento, de legislação e normas e de comunicação.

“Foram apresentadas algumas demandas referentes à Segurança Pública, Educação, Casa Abrigo Estadual, Rede de Enfrentamento à violência, capacitação, entre outros assuntos e informes”, revelou a psicóloga  Iza Luane Santos Moura (CRP19/4166), presidente da CEDM.

É a primeira  vez que o Conselho Regional de Psicologia assume a presidência da CEDM, que é composta por mulheres representantes de 19 entidades governamentais e não governamentais.

“Tem sido uma experiência incrível poder conduzir os trabalhos do Conselho Estadual de Direitos da Mulher CEDM. A psicologia tem muito a contribuir com o relevante trabalho da CEDM na prevenção à violência de gênero,  no combate ao feminicídio e de outras frentes de atuação”, ressalta a presidente.

Eleito em 2018 para a primeira gestão,  reeleito em 2020, e reconduzido em 2022 à terceira gestão, o CRP19 conta com a participação de duas psicólogas, a Conselheira Titular, Iza Luane Santos Moura, pesquisadora de gênero e diversidade sexual e, também membro, com atuação ativa, do Grupo de Trabalho(GT) Psicologia, Gênero e Diversidade Sexual do Conselho; e a Conselheira suplente Lidiane de Melo Drapala, psicóloga social, assessora em Pesquisa – Políticas Públicas no CREPOP/CRP19.

Conselho Estadual dos Direitos da Mulher

O CEDM atua na linha de frente de questões relacionadas à garantia de direitos das mulheres no Estado de Sergipe com a  construção e execução de políticas públicas contínuas para a mulher.

Criado em 1998 pela Lei estadual nº 3.972, o Conselho contribui para a deliberação, fiscalização e controle social das políticas públicas de promoção dos direitos das mulheres e da igualdade de gênero.

Foto assessoria

Ascom | CRP19

  Editoria: