“A cassação não foi por roubo ou corrupção; não estou abalado”, afirma Belivaldo Chagas

“A cassação não foi por roubo ou corrupção; não estou abalado”, afirma Belivaldo Chagas
agosto 21 08:32 2019 Imprimir Conteúdo

O governador Belivaldo Chagas (PSD) que teve seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE) na última segunda-feira (19), quebrou o silêncio e comentou sobre a decisão na manha desta quarta-feira (21).

Belivaldo disse estar tranqüilo e que continua trabalhando à frente do governo, afirmando ainda que “nesse momento não tenho interesse em tratar desse assunto. A vida segue. Não estou preocupado e nem abalado. Não tenho apego a cargos e vou continuar trabalhando”, disse o governador.

Durante a entrevista, Belivaldo explicou que estava no aeroporto de Aracaju e que estaria viajando para Brasília, onde participará de um encontro de governadores. “Nós não paramos. O estado não pode parar e não deixarei de governar”, afirmou.

Belivaldo Chagas lembrou que “a decisão foi o que entendeu o colegiado. Estou com a consciência tranqüila. A decisão não foi por corrupção. Não foi por roubo”, explicou.

O governador concluiu afirmando que “o povo entendeu que eu deveria governar o estado. Continuarei governador até quando Deus quiser. Não deixarei de governar. Um dia depois da decisão, o galeguinho aqui estava tomando banho às 4 horas para trabalhar pelo povo de Sergipe”, contou Belivaldo.

  Editoria: