Canindé: nova fase de vacinação contra a Influenza e Sarampo

maio 04 09:26 2022

 

A Prefeitura de Canindé de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início nesta segunda-feira (02), a uma nova fase da campanha de vacinação contra a Influenza (H1N1, H3N2 e Tipo B) em todas as Unidades Básicas de Saúde do Município.

Agora, a campanha tem como público alvo, a inclusão de mais grupos prioritários: crianças de 06 meses a 5 anos de idade, gestantes e puérperas, professores, portadores de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde.

Na primeira fase, realizada no mês de abril, cerca de 1467 pessoas receberam a vacina contra a Influenza. Considerada uma doença de infecção respiratória aguda, a Influenza é causada pelos vírus A, B, C e D. O vírus tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos, principalmente, entre os períodos mais frios do ano. A vacina contra a Influenza, garante proteção contra os vírus H1N1 e H3N2, além da Influenza A e B.

Vacina contra o Sarampo

Continua disponível nas Unidades Básicas de Saúde, a vacinação contra o Sarampo, que tem como público alvo os trabalhadores da saúde e crianças de 06 meses a 5 anos de idade. De acordo com dados fornecidos pela Coordenação de Imunização, no mês de abril, período da primeira fase da Campanha, foram vacinadas cerca de 521 pessoas.

A coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Carla Daniela Holanda, falou da importância da vacina para a saúde. “A vacinação contra Influenza e Sarampo é a forma mais eficaz e segura de prevenir as formas graves da doença. Dessa forma é importante que a população elegível de vacinação procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima e vacine-se”, alerta.

Procure uma Unidade de Saúde mais próxima de sua casa e vacine-se já. Para aplicação das vacinas, é preciso ir até uma Unidade Básica de Saúde com os principais documentos em mãos: cartão de vacinação, do SUS e CPF.

Por Silas Santos

  Editoria: