Cá é diferente de lá

Cá é diferente de lá
dezembro 04 08:04 2019 Imprimir Conteúdo

O projeto de Reforma da Previdência que o governo de Sergipe enviará à Assembleia colocará alguns deputados num sinuca de bico. Governistas roxos, os petistas terão dificuldades em votar favorável à proposta, pois se o fizerem afrontam a posição nacional do partido, contrária à reforma idêntica aprovada pelo Congresso. Já a bancada da oposição, formada quase toda por deputados do Cidadania, ficará cheia de dedos para votar contra o projeto do governo Belivaldo Chagas (PSD). É que o líder maior do partido no estado, senador Alessandro Vieira, defendeu com unhas e dentes a aprovação da famigerada reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Portanto, embora o projeto de cá seja idêntico ao de lá, oposição e situação caminham para desdizer na Assembleia o que disseram no Senado e na Câmara Federal. Decididamente, política é coisa do diabo. Crendeuspai!

Missão ingrata

Os últimos acontecimentos demonstram que não é fácil ser prefeito de Lagarto. Nem bem a população absorveu a cassação do prefeito Valmir Monteiro (PSC), o Ministério Público Estadual já quer cassar a substituta Hilda Ribeiro (SD). Alega que a recém-empossada prefeita meteu as mãos pelos pés ao contratar umas bandas para animar a festa de aniversário da cidade. A moça nega a acusação, enquanto seus eleitores dizem que tudo não passa de intriga da oposição. Homem, será?

Volta às aulas

Para alegria da estudantada, acabou a greve dos professores. Eles decidiram voltar às aulas, após o governo de Sergipe ter recuado na decisão de acabar com direitos da categoria, como o triênio. As negociações entre as partes foram coordenadas pelo deputado estadual Luciano Bispo (MDB), presidente da Assembleia. Pelo que ficou acertado, o governo vai alterar os dois projetos sobre o Magistério que enviou ao Legislativo. Melhor assim!

Ouvido de mercador

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) tem deixado o jovem deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) falando ao vento. Cruzes! O mancebo já chamou o desafeto até para um duelo verbal, porém só recebe o silêncio como resposta. Alguém precisa dizer ao deputado que, enquanto ele não falar tal qual gente grande, não será ouvido por ninguém, mesmo que resolva se esgoelar do alto da torre da igreja. Misericórdia!

TCE na berlinda

Sindicalistas estão invocados com o provável retorno de Flávio Conceição ao Tribunal de Contas de Sergipe. Após ter sido inocentado da acusação de ter metido a mão grande no dinheiro público, o suplicante deve reassumir a cadeira de conselheiro do TCE. Segundo Roberto Silva, presidente da CUT, os sergipanos jamais avalizarão uma decisão tomada por alguém acusado de ter se labuzando com dinheiro do contribuinte. Marminino!

Pouco interesse

A cada 100 jovens que ingressam nos cursos de pedagogia e licenciatura, apenas a metade conclui o curso. Entre os que chegam ao final da graduação, só 27 manifestam vontade em seguir carreira no magistério. Esse desinteresse pela profissão é motivado pela falta de reconhecimento e de condições de trabalho. A pesquisa se baseou em dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Então, tá!

Devo não nego…

Algo em torno de 700 mil sergipanos estão no SPC. Embora a maioria das dívidas seja de até R$ 500, a galera não tem grama para tirar o nome do “prego”. Esse exército de devedores é fruto do desemprego que grassa no país. Para se ter uma ideia, somente em Sergipe são mais de 158 mil desempregados, todos sem qualquer expectativa de conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Só Jesus na causa!

Consome menos

O consumidor está mais consciente na hora de comprar. Segundo estudo da agência global Havas, 85% da população entendem que o progresso não está em consumir mais, mas em consumir melhor, enquanto 75% acreditam que um consumo exagerado pode impor riscos ao planeta e à sociedade. 45% dos entrevistados, no entanto, disseram ser usual comprar itens e produtos de que não precisam. Danôsse!

Homenagem justa

E o empresário Albano Franco (PSDB) receberá mais uma homenagem. Desta vez, o tucano vai receber o Prêmio Líderes do Brasil 2019, concedido a S1 Empreendimentos Imobiliários, empresa do seu grupo econômico, eleita na categoria Líder do Estado de Sergipe. O prêmio será entregue, segunda-feira que vem, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Grana difícil

Ainda não foi este ano que a Câmara de Aracaju conseguiu construir sua sede própria. Desde 2017, o Legislativo da capital possui um terreno de 20 mil m², na zona oeste da idade, próximo à Justiça Federal. Para iniciar as obras só falta o dinheiro. Na tentativa de viabilizar a construção, o presidente da Câmara, Nitinho Vitale (PSD), tem batido em muitas portas, contudo sempre recebe não como resposta. Quem sabe, a construção não começa em 2020. Aguardemos, portanto!

Mesa envenenada

E quem anda pra lá de preocupado com o volume de veneno aplicado nas lavouras é o deputado estadual Iran Barbosa (PT). Segundo ele, 2019 ficará marcado por um número chocante: nada menos do que 467 novos agrotóxicos, muitos deles banidos em outros países, foram liberados pelo governo brasileiro. “Temos que dar um basta nesse crime, dizer não ao desatino, à ganância e defender a nossa própria existência”, discursa o petista. Certíssimo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Nordeste, em 29 de dezembro de 1946.

  Editoria: