Banese retoma atendimento a serviços não essenciais

Banese retoma atendimento a serviços não essenciais
março 31 06:53 2022

 

Em virtude do aumento de casos de Covid-19, desde de fevereiro o atendimento nas unidades do banco estava restrito aos serviços essenciais

Desde segunda-feira (28) as agências do Banese voltaram a realizar todos os serviços bancários ofertados aos clientes. O atendimento nestas unidades estava restrito a serviços essenciais desde o dia 3 de fevereiro, como medida de prevenção à Covid-19 diante do aumento de casos com o início da terceira onda da doença.

A mudança ocorreu após a publicação da Resolução 42, do Comitê Técnico-Científico do Estado (Ctcae), que tornou facultativo o uso de máscaras em Sergipe. O documento também apresenta recomendações baseadas nas orientações da Sociedade Brasileira de Infectologia, entre elas, a continuidade do uso de máscaras por trabalhadores de serviço de atendimento ao público.

Além disso, embora não seja mais obrigatório, o Banese recomenda aos colaboradores e clientes que continuem utilizando a proteção individual dentro das unidades da instituição. Também permanecem recomendados o distanciamento social e o uso de álcool em gel para higienização das mãos.

Mesmo após a retomada do atendimento normal aos clientes presenciais, o banco reforça a importância do uso dos canais digitais (app Banese e internet banking), caixas eletrônicos, Pontos Banese, ou Alô Banese pelos números: 3218 2020 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 284 3218 (demais regiões), para a realização de transações bancárias ou esclarecimento de dúvidas. O uso desses canais oferece aos clientes segurança, comodidade e agilidade.

Resolução 42

O Comitê Técnico-Científico do Governo do Estado recomenda, ainda, o uso de máscara respiratória nas seguintes situações: pessoas que apresentem sintomas de resfriado comum ou síndromes gripais; que se expõem ao contato com indivíduos sintomáticos, como profissionais de saúde, trabalhadores de serviço de atendimento ao público, familiares de pacientes sintomáticos e situações correlatas.

Pessoas não-vacinadas contra a Covid-19, com esquema vacinal incompleto, imunossuprimidas e com idade superior a 60 anos têm orientação para continuar usando máscara, bem como gestantes e indivíduos com doenças crônicas. Usar máscara também é indicado quando em locais fechados com aglomeração frequente, e em locais abertos, quando houver aglomeração.

De acordo com a Resolução, a decisão de tornar o uso da máscara facultativo considerou a melhora na situação epidemiológica da pandemia no estado, e o percentual da população sergipana imunizada contra a Covid-19.

Ascom Grupo Banese

  Editoria: