Banco de leite Marly Sarney pede novas doadoras em Aracaju

Banco de leite Marly Sarney pede novas doadoras em Aracaju
janeiro 23 06:50 2020 Imprimir Conteúdo

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), através do Banco de Leite Humano Marly Sarney (BLH), responsável por promover o aleitamento materno e executar as atividades de coleta, pede novas doadoras para o estoque de leite materno, que está baixo, hoje conta com apenas 13 doadoras domiciliares e, para manter o estoque, é preciso que novas doadoras se apresentem. Atualmente, 100% das crianças prematuras na MNSL com menos de 1,5 Kg recebem diariamente o leite humano pasteurizado pela unidade do governo do Estado, que é gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Segundo a coordenadora do Banco de Leite Humano Marly Sarney, Thereza Azevedo, um litro de leite materno doado, pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. Dependendo do peso do prematuro, 1 ml já é o suficiente para nutri-lo cada vez que ele for alimentado. “Doar leite humano é um gesto que salva vidas, o leite humano é importante para todos os bebês, principalmente para os que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe”, disse Thereza.

Todas as mulheres saudáveis que estejam amamentando e desejem ajudar ao próximo, podem entrar nesse voluntariado, basta manter contato com o BLH  através do numero (79)3226-6301 de segunda a sexta-feira, das 7hàs 19h e manifestar a intenção de colaborar ou comparecer na Rua  Mato Grosso,s/n. Bairro José Conrado de Araújo, em Aracaju (SE).

Thereza explicou que a doadora precisa ir até o BLH uma vez onde será orientada quanto a ordenha e o armazenamento. Depois da primeira avaliação o carro vai buscar o leite e o banco disponibiliza, também, os frascos esterilizados para realizar a coleta e passa a buscar esse leite na casa da doadora. Ressaltou,  ainda,  que há um programa de atendimento médico para os filhos das doadoras, que assegura oito meses de acompanhamento médico para o filho.

De acordo com Ministério da Saúde, o recém-nascido alimentado apenas com o leite materno tende a se recuperar de doenças com mais facilidade. O leite materno é o alimento que fornece nutrientes importantes para o desenvolvimento cerebral, que combate infecções, protege a criança contra bactérias e vírus, e evita diarréias.

Dados

Segundo o  Relatório Gerencial do Banco de Leite Humano Marly Sarney, em 2019 houve um total de 646 doadoras, beneficiando 1.574 bebês.  Dessas 646 doadoras, 73 no BLH (interno), 395 doadoras da MNSL e 178 no domicílio (do BLH externas),  beneficiando 1.574  receptores da maternidade.  Durante o ano de 2019 (janeiro a dezembro )foram coletados  um total de 330.945ml de leite humano.

A Rede de Banco Estadual agrega o Banco de Leite Humano Marly Sarney (BLH), Banco de Leite Irmã Rafaela Pepel, O Banco de Leite Zoéd Bittencourt e o Posto de Coleta Santa Isabel.

Contatos

Banco de Leite Humano Marly Sarney: Rua Mato Grosso, s/n. Bairro José Conrado de Araujo. Aracaju (SE). Telefone (79) 3226-6301. Email blhumano.mnsl@saude.se.gov.br.

Maternidade Nossa Senhora de Lourdes: Avenida Presidente Tancredo Neves. Bairro América. Aracaju (SE). Telefone (79) 3225-8650

Banco de Leite Humano Irmã Rafaela Pepel: Rua Jackson de Figueiredo, 401. Centro, Itabaiana (SE). CEP 49500-00. Telefone (79) 3431-2290. Fax (79) 3431-2290. Email diretoria@msjose.com.br.

Maternidade Zacarias Júnior/Banco de Leite Humano Zóed Bittencourt: Rua Hiipólito Santos. Centro, Lagarto (SE). CEP 49400-000. Telefone (79) 3631-2723. Fax (79) 3631-9319. Email bancodeleite@maternidadelagarto.com.

Posto de Coleta do Hospital Santa Isabel “Dr. Fernando Guedes”: Avenida Simeão Sobral. Bairro Santo Antônio. Aracaju (SE). CEP 49060-640. Telefone (79) 32124900. Fax (79) 3236-2053

Fonte e foto SES

  Editoria: