Aviso aos navegantes

Aviso aos navegantes
janeiro 29 08:09 2020 Imprimir Conteúdo

Quem estiver pensando em burlar a lei na campanha eleitoral é bom ir tirando o cavalinho da chuva, pois a Justiça promete jogar duro contra os infratores. O Judiciário tem alertado que não será cúmplice dos transgressores da legislação. É preciso ficar atento, por exemplo, às punições previstas para quem divulgar fake News. Em caso de comprovação de que houve propagação de notícias falsas, o candidato eleito pode até perder o mandato. Os partidos também devem respeitar as regras sobre financiamento das campanhas, pois a Justiça tem atuado com o mais absoluto rigor na análise da prestação de contas. Decididamente, não vale a pena correr o risco de se submeter às punições previstas para os infratores das regras. Portanto, o político que estiver pensando em fazer falcatruas, é bom ficar sabendo que pode dar com os burros n´água. Quem avisa, amigo é!

Empresário caçado

A Polícia Civil está caçando o empresário Rodrigo Rocha, acusado de ter assassinado o empregado dele Jorge Alexandre Souza Santana, 28 anos. O bárbaro crime aconteceu quinta-feira passada em Lagarto. Desde então, Rodrigo está sumido. O empresário não é mais primário: No final da década de 90, ele matou a tiros no centro de Lagarto o vigilante José dos Santos, de 59 anos. Foi condenado e cumpriu a pena no Presídio de Tobias Barreto, e em prisão domiciliar. Danôsse!

De olho em 2020

Derrotado em 2018 na disputa para o Senado, o ex-governador Jackson Barreto (MDB) se recusa a pendurar as chuteiras. Ele tem confessado aos amigos mais próximos o desejo de disputar uma cadeira na Câmara Federal, em 2020. Aos 76 anos bem vividos e com vários mandatos no currículo, JB é um animal político daqueles que jamais ficarão na janela vendo a banda passar. Aff Maria!

Som alto

As pessoas que costumam promover eventos em residências com uso de som, devem ficar atentas à legislação. Segundo a Prefeitura de Aracaju, para evitar problemas é preciso ter uma Autorização Ambiental e respeitar o limite de emissão de sons. De 7h às 22h, o limite permitido é de 60 decibéis. De 22h às 7h, o som não pode ultrapassar os 50 decibéis. Do contrário, o equipamento pode ser apreendido pela Polícia Ambiental. Arre égua!

Nomes próprios

E o Cidadania terá candidatos próprios às Prefeituras de Lagarto e Estância: serão Nininho do Bolo Bom e Suely Barreto, respectivamente. Ontem, a cúpula do partido prestigiou os lançamentos das duas pré-candidaturas nos dois municípios. Estiveram por lá o senador Alessandro Vieira, os deputados estaduais Georgeo Passos, Kitty Lima, Samuel Carvalho e outros menos votados. Marminino!

Cadê o dinheiro?

O servidor estadual que recebe mais de R$ 3 mil só verá a cor do salário deste mês no dia 11 de fevereiro. Quer dizer, o sujeito terá que trabalhar 41 dias seguidos para receber um mês. O pior é que o governo não sabe quando poderá pagar a folha de pessoal em dia, nem se esforça para reduzir o exagerado número de cargos comissionados, a maioria ocupada por apadrinhados políticos, que ganham muito para não fazer nada. Misericórdia!

Abaixo o churrasco

A picanha, a fraldinha e a maminha assadas na brasa, símbolos de um bom churrasco, estão se tornando inimigas do clima. É que a carne, desde a criação do gado até a mesa, é responsável pela liberação de grande quantidade de gases que causam o aquecimento global. Segundo o Observatório do Clima, os impactos provocados pela agropecuária respondem por 69% das emissões de gases de efeito estufa do Brasil. Diante disso, a recomendação é que o consumo de carne de boi seja menor e a produção mais eficiente. Credo!

Costurando apoios

O secretário estadual da saúde, Valberto de Oliveira (sem partido), segue costurando apoio para a sua pré-candidatura a prefeito de Propriá. Ele ainda não definiu em qual legenda se filiará, porém está muito próximo do MDB de Jackson Barreto e Fábio Reis. O PSD do governador Belivaldo Chagas também deseja ter o passe do secretário, que em 2016 disputou a Prefeitura de Propriá pelo Solidariedade, tendo sido o 2º colocado com 46,91% dos votos. Vixe!

Abaixo o preconceito

Padre por formação, o prefeito de Socorro, Inaldo Luis da Silva (Progressistas), condena a intolerância religiosa. Segundo ele, no Brasil tem espaço para todos os credos, “mas, infelizmente, alguns indivíduos não compreendem isso e desrespeitam quem não tem a mesma crença”. Padre Inaldo convive bem com católicos, evangélicos e praticantes das religiões de matriz africana, além de ateus e agnósticos. Bravo!

“Gatos” bem-criados

Vez por outra, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) realiza operações na periferia da Grande Aracaju contra as ligações clandestinas de água. Há casos, inclusive, que o infrator é denunciado à Polícia por furto. Tudo bem se estas operações também focassem os hotéis da Orla de Atalaia, as luxuosas mansões, indústrias, comércio e casas de praia. É nestes endereços que “residem” bichanos bem-criados. Crendeuspai!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 23 de outubro de 1918.

  Editoria: