Atenção, Ministério Público, isso é uma quadrilha, denuncia Vereador

Atenção, Ministério Público, isso é uma quadrilha, denuncia Vereador
setembro 13 15:27 2018 Imprimir Conteúdo

Cabo Amintas denuncia abastecimento ilícito e avisa: “aracajunos, o dinheiro de vocês está sendo usado pra funcionário da Prefeitura vender combustível”

Na manhã desta quinta-feira, 13, o vereador e líder da oposição Cabo Amintas (PTB) utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para denunciar o caso de um funcionário de cargo comissionado da Prefeitura de Aracaju, que estava se utilizando de um cartão ValeCard para abastecer galões e revender combustível.

Usando o Pequeno Expediente, o parlamentar iniciou sua fala exibindo vídeo que mostrava a conversa entre um funcionário da Prefeitura de Aracaju e alguns policiais.

“Vocês estão vendo esse vídeo? É um funcionário da Prefeitura de Aracaju roubando! Esse é o cartão da Prefeitura Municipal de Aracaju, um ValeCard. Você, cidadão aracajuano, está pagando combustível para funcionário da prefeitura roubar”, denunciou.

“Esse cartão é um cartão coringa. Para quem não sabe, esse cartão é aquele que não tem limite para abastecimento. Um bandido, ladrão, comissionado da Prefeitura, abastecia um carro de uma locadora que estava com vários IPVAs atrasados. Carro servindo à Prefeitura com licenciamento atrasado! Ele abastecia e depois enchia uns galões de combustível para vender! Se seguir essa linha, agora o povo está patrocinando combustível. Aracajuanos, o dinheiro de vocês está sendo usado pra funcionário da Prefeitura vender combustível!”, protestou.

Amintas ainda relembrou o caso denunciado por ele na última quinta-feira, 6, onde um carro particular era abastecido ilicitamente através de um ValeCard do Governo do estado.

“Atenção, Ministério Público, isso é uma quadrilha! Nós vemos carros de luxo sendo abastecidos com cartão do Governo, agora foi a vez da Prefeitura”, disse.

Em seguida, o parlamentar parabenizou a polícia pelo trabalho bem executado.

“Parabéns à Polícia Militar, que prendeu ontem esse homem é está fazendo um trabalho espetacular. Atenção Deotap, atenção Secretaria da Segurança Pública, vamos investigar a Prefeitura!”

Por fim, Cabo Amintas ainda comentou sobre a prisão do radialista George Magalhães, acusado de estupro.

“George Magalhães, o amigo de alguns políticos, preso no dia de hoje por coagir testemunhas no caso do estupro. Alguns são solidários, alguns fazem a média com ele porque tem medo dessa boca grande dele. Mas comigo não tem boquinha! E nem venham dizer que ele está doente, porque a informação que chegou é de que ele está se sentindo mal, tremendo… Hospital não é lugar de preso! E não botem ele em presídio militar, ele não é militar e não tem nível superior. Tem que ir pra um presídio comum, como todo criminoso!”, declarou.

Fonte: Assessoria de imprensa do parlamentar.

  Editoria: