Atenção aos críticos de Bolsonaro! Vem aí a Reforma da Previdência de Belivaldo! 

setembro 26 10:08 2019 Imprimir Conteúdo

Mantendo o compromisso com a boa informação este colunista faz um alerta para que os sergipanos reflitam sobre os fatos políticos e possam fazer uma leitura mais ampla do cenário. Antigamente era muito fácil para determinados agentes públicos ter um comportamento aqui no Estado e outro, completamente diferente, em Brasília (DF), junto ao “presidente da República de plantão”. Hoje, com a velocidade da informação, com a democratização dos meios de comunicação, o cidadão comum tem acesso a verdade sem muita dificuldade.

Desde que assumiu a presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) “declarou guerra” com os maiores conglomerados, a chamada “grande mídia” do País. Em contrapartida, passou a “colher o ônus” de ser fiscalizado e cobrado quase que, instantaneamente, muitas vezes com “fake news” propagados pelas redes sociais e, inclusive, com a participação indevida de setores da imprensa e de muitos formadores de opinião. Com Bolsonaro praticamente deixou de existir o “meio termo”: como ele no Poder, há quem o “ame” e há quem o “odeie”.

Necessária, a proposta de Reforma da Previdência, defendida por todos os ex-presidentes da República, inclusive Lula e Dilma (ambos do PT), justiça seja feita, “saiu do papel” com Bolsonaro. Este colunista não vai entrar no mérito se ela é justa ou não porque cabe a cada categoria, a cada trabalhador brasileiro que será atingido por ela fazer sua própria interpretação e avaliação. Este espaço entende que esta é a forma mais democrática até porque a Reforma tem efeitos diferenciados para as categorias. Há quem enxergue melhora; há quem aposte em perdas…

Mas dentro da linha de raciocínio deste colunista, a ideia deste comentário é chamar a atenção dos sergipanos para a nossa classe política, mais precisamente para aqueles que são críticos ferrenhos da Reforma da Previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro. Aqui não se faz qualquer tipo de defesa ao Capitão Reformado, mas dentro desta “reflexão”, que o povo de Sergipe também fique atento para estes políticos quando se tratar da Reforma da Previdência que será proposta pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) no âmbito Estadual.

É que passou a ser comum o político adotar uma postura na capital federal, muitas vezes criticando e combatendo ações e medidas do presidente da República, mas em Sergipe, diante de medidas “semelhantes”, ou adotaram outro entendimento ou, pelo menos, se omitiram, silenciaram. Em síntese, tem deputado federal ou senador da República que é crítico ferrenho da Reforma da Previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro, pontua que ela prejudica os trabalhadores em geral. Resta saber como irão se posicionar diante da Reforma do governador para a Previdência dos servidores sergipanos.

Este colunista também não vai antecipar uma crítica à proposta quer será encaminhada pelo “galeguinho” para a Assembleia Legislativa, mas já se antecipa que virão por aí medidas “duras” e “saneadoras”. É provável que algumas categorias avaliem como positivas, como também é possível que outros segmentos enxerguem como perdas. Isso é natural e “faz parte do jogo”. Agora é importante que o sergipano enxergue e diferencie o comportamento de determinado parlamentar do “oportunismo político”, de cobrar algo em BSB e silenciar ou se omitir em Sergipe. Todos serão cobrados…

Veja essa!

Durante a prestação de contas referente ao 1º Quadrimestre de 2019, para os membros da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Tributação da Assembleia, o secretário da Fazenda, Marco Antônio Queiroz, confirmou que, independente do projeto de Reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional, o governador Belivaldo Chagas também enviará um projeto propondo alterações na Previdência Estadual.

E essa!

Queiroz pontuou que o Estado possui um planejamento, já em estágio avançado, para tentar minimizar o déficit da Previdência. Ele colocou que o presidente do SergipePrevidência, José Roberto, já promoveu estudos que estão sendo analisados por Comitês definidos (estatais e gestão de pessoas) pelo próprio governador Belivaldo Chagas.

Olho nele!

Durante a exposição o deputado estadual Zezinho Guimarães (MDB) disse que tem político com posição definida em Brasília (DF), criticando a Reforma da Previdência do governo federal e que vai ter que se posicionar sobre a Reforma da Previdência Estadual. “É dono de metade do governo, com muitas indicações. Quero ver como irá se posicionar aqui em Sergipe, com os trabalhadores sergipanos”.

Marco Antônio Queiroz I

“Os estudos estão conclusos e nós estamos apenas aguardando um encaminhamento do governo junto à Assembleia. O servidor quando se aposenta, por exemplo, só contribui quando fica acima de determinado teto. Então são peculiaridades que estimulam o déficit e dependem de reformas estruturais”.

Marco Antônio Queiroz II

Em seguida, o secretário enfatizou que só a Reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional não resolveria o problema de Sergipe. “Vamos aguardar uma reunião final com o governador para a gente encaminhar isso (proposta de Reforma Estadual) para a Alese. São problemas que precisam ser encarados de forma estrutural. Para nós fica o sentimento que a Assembleia apoiará as medidas que o governo vai precisar tomar”.

Luciano Pimentel I

Durante a exposição, ao interpelar o secretário sobre as ações do governo para minimizar o déficit previdenciário, o deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) reconheceu que a questão da Previdência tem sufocado a capacidade de investimentos do Estado.

Luciano Pimentel II

“São aportados, de forma crescente, recursos para a Previdência. Se verificamos o 1º quadrimestre de 2018 o aporte foi de R$ 142,3 milhões. Em 2019 esse aporte já passou para R$ 332,1 milhões”, disse, reforçando sua preocupação com a Previdência, pontuando que o governo vive dependendo dos repasses dos recursos federais.

Finanças inviabilizadas

“O que nós queremos saber o que está sendo feito no sentido de corrigir isso, como têm feito alguns Estados brasileiros e o que poderá ser apresentado para esta Casa sob o risco de, em pouco tempo, nossas finanças estarem praticamente inviabilizadas. Às vezes nós vemos a venda de um imóvel por um valor não muito significativo ou o aumento da alíquota de um determinado produto. Sem contar que vem aí uma massa muito grande para a aposentadoria que vai comprometer ainda mais”, completou Luciano Pimentel.

Zezinho Guimarães I

O também deputado Zezinho Guimarães interrompeu o secretário dizendo que a Alese jamais se negou ou se negará a analisar, diante da gravidade. “O senhor disse aqui que os estudos estão prontos e que são medidas saneadoras. Não é esperar a Reforma da Previdência do Congresso, o Pacto Federativo ou a Reforma Tributária. Isso não resolve o déficit de sistema próprio. O nosso déficit está posto e é preciso ter coragem de atacar ele. A Reforma da Previdência do governo federal vai resolver o problema dele”.

Zezinho Guimarães II

Em seguida, Zezinho Guimarães acrescentou dizendo que que os outros Estados já estão se movimentando, independente da aprovação de PEC (Proposta de Emenda à Constituição). Ele disse que as medidas saneadoras a serem enviadas pelo governo do Estado para a Alese exigem urgência. “A situação é muito grave e nós não temos muito tempo. O desemprego é avassalador, em 2017 42% do nosso povo já vivia em Estado de miséria. Nós perdemos a capacidade de investimentos!”.

“Sergipe não pode esperar”

“Nós estamos vivendo em uma condição de penúria nos últimos 10 anos. E Sergipe não pode esperar mais nada! Tem que ter coragem para fazer! Essa questão de esperar ser a estrela do gás é ilusão! Tem que fazer é o dever de casa! As coisas se agravam e as receitas não devem crescer. Ficar esperando o milagre da Reforma Tributária não vai resolver. A situação de Sergipe é extremamente grave e nós não temos tempo a perder”, completou Zezinho Guimarães.

Exclusiva!

São cada vez mais fortes os rumores de uma pré-candidatura do ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB) para prefeito de Simão Dias em 2020. A coluna tomou conhecimento que ele tem visitado o município, pelo menos, três vezes na semana, e seu nome passou a ser muito bem avaliado na cidade. Se for exitoso vai encerrar sua carreira política como começou: sendo o gestor de sua terra natal.

Ataque financiado?

Nos bastidores da Assembleia Legislativa, ontem, um assunto chamou a atenção em uma roda política: existe uma campanha em andamento, através das redes sociais, para denegrir a imagem do deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB). Um detalhe: o “ataque” seria financiado com recursos públicos, através de uma estrutura de comunicação, ou seja, dinheiro que deveria servir ao povo sendo desviado para o uso político.

Bomba!

Setores da Polícia Militar procuraram este colunista para denunciar que, pela abordagem feita ao filho de um ex-prefeito e grande liderança do Baixo São Francisco, em uma blitz de trânsito realizada em Neópolis, o Major Márcio, que era o Comandante da 5ª CIPM foi “estranhamente” retirado daquele Posto. Parece que o “galeguinho” Belivaldo Chagas está perdendo o controle. Pelo menos o discurso, “já foi” há muito tempo…

André Moura

Depois de ser convidado para responder pelo escritório do Estado do Rio de Janeiro em Brasília, o ex-deputado federal André Moura (PSC) agora foi convidado pelo governador fluminense Wilson Witzel (PSC) e vai assumir a Secretaria da Casa Civil, um dos postos mais importantes daquele governo. André só não tem valor para algumas “cabeças pensantes” de Sergipe, seja por inveja, seja por interesses pessoais…

Democratas

A deputada estadual Goretti Reis (PSD) acompanhou a filiação do empresário de Lagarto, Nininho do Doce, no DEM. No ato também estava presente o presidente da Executiva Provisória dos Democratas, José Carlos Machado, e o vereador lagartense, Gilberto da Farinha (DEM). Há quem diga que pode sair uma “chapa” em 2020. Será?

Francisco Gualberto

Durante a exposição do secretário da Fazenda, ontem na Assembleia, o vice-presidente da Casa e deputado estadual Francisco Gualberto (PT), disse não acreditar que o presidente Jair Bolsonaro libere recursos federais para Sergipe. “Quem quiser que espere, mas eu não acredito em nada deste governo”.

Georgeo Passos

Por sua vez, sem fazer a defesa de Bolsonaro, o deputado Georgeo Passos (Cidadania) apenas lembrou a Gualberto que foi o ex-presidente Lula (PT) que “bloqueou” os repasses de recursos federais para Sergipe, para prejudicar o então governador João Alves Filho (DEM) e viabilizar a eleição de seu candidato a governo Marcelo Déda (in memoriam). Coisas de Sergipe…

Coisa antiga

Por sua vez, o deputado Zezinho Guimarães disse que o problema do déficit previdenciário e da crise instalada no País não é responsabilidade apenas de Bolsonaro, como disse Gualberto. “Isso se arrasta há uns 10 anos! Isso vem desde os governos anteriores que não fizeram o dever de casa. Não sou apaixonado por Bolsonaro, mas esta avaliação do deputado (Gualberto) é ideológica e equivocada”.

Vai pedir música?

Setores da imprensa divulgaram a informação de uma loja de máquinas e ferramentas, localizada no bairro Siqueira Campos, em Aracaju, que somente este ano já foi assaltada três vezes, acumulando um prejuízo superior a R$ 20 mil. Assim fica difícil para o empresário manter o negócio, gerando emprego e renda. A Polícia vai intensificar as rondas na região…

 Janier Mota I

Com o objetivo de levar serviços básicos de saúde aos mais diversos municípios sergipanos, a deputada estadual Janier Mota idealizou o Projeto Saúde Sergipe Cidadã, que, através do ‘Governo em Ação’, levará as carretas da mulher e do homem, com médicos voluntários, para atender a população que tem dificuldade com atendimentos e exames. A primeira região contemplada é a sul do Estado, tendo como base a cidade de Itabaianinha, nos dias 3, 4, 5 e 6 de outubro.

 Janier Mota II

Uma novidade, é que esta será a primeira vez, neste tipo de ação, que as mulheres farão a mamografia e sairão com o laudo já em mãos, para serem devidamente encaminhadas. “Como presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Sergipe, um dos meus maiores objetivos é levar essa ação e atender o povo sergipano”, disse Janier Mota.

Janier Mota III

Além do mutirão de médicos, a ação também contará com palestras do Hemose, Samu, consultas ginecológicas, geriátricas, pediátricas, odontomóvel (com profissionais da Funesa), entre outros serviços. “Esta será a primeira de muitas, queremos levar este projeto para mais regiões do Estado, para que a população possa ter acesso a serviços básicos e fundamentais”, finalizou a parlamentar. A ação ocorrerá na Rua Francisco Severo, em frente a Escola Estadual Joaldo Lima de Carvalho, no Bairro Guilherme Campos.

Projeto de Elber I

Diante do caos instalado no trânsito de Aracaju nas últimas semanas devido às obras de recapeamento asfálticos das principais avenidas da cidade, realizadas pela Prefeitura de Aracaju, o vereador Elber Batalha (PSB) protocolou um Projeto de Lei (PL) que visa proibir este tipo de obras na capital durante os horários de maior trânsito e fluxo de carros.

Projeto de Elber II

O Projeto de Lei 312/2919 dispõe sobre a não interrupção do tráfego nas vias públicas de Aracaju e das avenidas e ruas de grande fluxo, mesmo em caráter intermitente, para a realização de obras públicas ou privadas nos horários das 6h às 9h e 18h às 20h, durante os dias úteis. “O que se fez em Aracaju nas últimas semanas foi uma prova de mal planejamento e desestruturação da Prefeitura de Aracaju, uma obra que poderia ter sido terminada mais cedo, causando menos transtorno aos aracajuanos e causou um caos na vida de todo mundo, já que grande parte da cidade ficou travada, impedindo o trabalhador de chegar ou sair do seu trabalho”, justificou.

Já existe por aí

O parlamentar disse ter se inspirado em PL’s que já existem em outras cidades do país e que o projeto se torna necessário pelo crescimento e para modernização de Aracaju. “Isso já existe em Recife, São Luiz, João Pessoa, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e nós estamos anexando em nosso PL as comprovações de que todas essas cidades adotaram essa prática e que deu certo”, explicou.

It Consulting

Os terceirizados da Seplag, que trabalhavam pela empresa It Consulting, ainda não receberam do governo do Estado o valor de R$ 9 mil referente ao vale-alimentação. São 18 pais e mães de famílias que aguardam uma resposta positiva do secretario Jorge Trindade. O que está faltando para o “galeguinho” Belivaldo Chagas resolver? Estamos falando de trabalhadores que precisam do dinheiro. O que parece pouco, para quem ganha muito, é muito para quem ganha muito pouco…

Elber Batalha

No próximo dia 9, a partir das 18 horas, no Museu da Gente Sergipana, o advogado e líder político Elber Batalha de Góes, ao lado do imortal da Academia Itabaianense de Letras, Carlos Mendonça, vai lançar sua biografia. Elber tem uma série de serviços prestados por Sergipe, seja como defensor público, desportista e, inclusive, como senador da República, onde mesmo na suplência, teve uma passagem marcante no período em que assumiu a titularidade do cargo. Tem o reconhecimento da coluna!

Lançamento

Com apenas 16 anos, o jovem escritor Gabriel Machado Dias lançará seu primeiro livro no próximo dia 3 de outubro, na Livraria Escariz, do Shopping Jardins, a partir das 16h. Intitulado ‘O ciclo dos Sete’, a obra segue a linha da famosa série de Harry Potter. O livro fez sucesso durante a Bienal do Livro de Itabaiana, onde o autor vendeu durante os dias do evento mais de 500 exemplares.

Alô Socorro!

Na próxima sexta-feira (27), o prefeito Padre Inaldo cumpre mais uma das ações de valorização do servidor anunciadas por ele: apresentará aos servidores o auxílio transporte, que beneficiará com R$ 200 mensal a todos. A solenidade será realizada às 9 horas, no Centro Cultural Gilson Prado Barreto, e contará com a apresentação da Orquestra Jovem de Sergipe, que abrilhantará ainda mais o ato.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

  Editoria: