Assembleia Legislativa presta homenagens em Sessão Especial

Assembleia Legislativa presta homenagens em Sessão Especial
junho 05 09:51 2018 Imprimir Conteúdo

A Assembleia Legislativa de Sergipe prestou na tarde dessa segunda-feira (4), duas homenagens durante a sessão especial para outorga da Medalha da Ordem do Mérito Parlamentar ao deputado estadual Sandro Locutor (PROS/ES) e a Medalha Amigo de Sergipe ao diretor-geral da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE), Germano Stevens. Amigos e familiares dos homenageados vieram prestigiar a solenidade festiva. O governador em exercício, desembargador Cezário Siqueira Neto, também estava presente.

O deputado estadual Venâncio Fonseca (PSC) foi o autor da homenagem para Sandro Locutor. Segundo ele essa foi uma oportunidade impar para a Assembleia Legislativa por se tratar de duas pessoas especiais. Ele agradeceu ao presidente da Casa, deputado Luciano Bispo (MDB), autor da homenagem para Germano Stevens, pelo fato de ter sido designado para saudar os dois homenageados. Venâncio registrou sua amizade com Sandro e Germano que vem desde sua passagem como presidente da Unale em 2014.

“Sandro Locutor, enquanto presidente da Unale, trouxe para Sergipe, em 2016, a realização da Conferência Nacional da entidade, com mais de 1,5 mil participantes, na temática ‘Rediscutindo o Brasil’. Do interior do Espírito Santo, sonhava em ser motorista de ônibus e depois jogador de futebol, até que descobriu seu talento para a locução”, disse, destacando que ele iniciou sua carreira política como vereador, que exerceu seu segundo mandato de deputado estadual e hoje preside o Diretório Estadual do PROS no Espírito Santo.

Já sobre Germano Stevens, Venâncio disse que “ele já foi quase tudo em sua vida profissional: balconista, despachante de trânsito, motorista de ambulância e de ônibus, oficial administrativo, vereador, secretário municipal duas vezes, assessor parlamentar, assessor institucional e político na Unale, e agora diretor-geral da entidade. Germano é trabalhador e Sergipe gosta de gente que trabalha, que dá valor a cada gota de suor, que derramou em nome de sua família e em nome da sociedade”.

Germano Stevens

Em seu discurso, o diretor-geral da Unale manifestou a alegria profunda que sentiu quando chegou a notícia de que receberia a homenagem em Sergipe. “Agradeço comovido e feliz por esse momento tão importante e brilhante em minha vida pessoal e profissional que esta Casa me proporciona. Quero, de maneira singela e humilde, agradecer a todos os pares da Alese. Filho da longínqua cidade de Imigrantes (RS) e filho único de um casal de agricultores, receber essa homenagem diante deles tem um significado muito grande”.

“Aqui em Sergipe, Estado querido, que me considero amigo de fato. Terra que até um irmão me deu, Bruno Prado, quantas histórias já passamos juntos, minha amiga Dona Isabel, obrigado pelos seus ensinamentos. Obrigado minha amiga Senhora sempre preocupada comigo e aconselhando. Quero aproveitar esse momento e agradecer a oportunidade de conviver, Gratidão é sentimento que é sincero e vibrante. É esse sentimento que me invade”, completou Germano.

Sandro Locutor

Ao fazer seu discurso, deputado Sandro Locutor disse que em Sergipe sente-se verdadeiramente em casa e disse que foi um dos únicos membros da família que não seguiu a carreira jurídica. “Eu considero que não sou louco por ser político, mesmo em um momento tão difícil do País como esse. Esse reconhecimento me fortalece e amplia a minha obrigação com a população do Espírito Santo, de Sergipe e do Brasil. Isso aumenta minha responsabilidade”.

“Alguns elementos precisam ser banidos da política e o momento do povo fazer isso é na hora do voto. Todo cidadão tem esse direito isonômico, seja branco ou negro, rico ou pobre. Não adianta votar em branco porque quem for votar, vai escolher sempre os mesmos. É preciso virar a página do País, temos pessoas ruins, mas temos pessoas de bem também. Não sei se faço jus a esta honraria, mas serei eternamente grato por essa homenagem e, se Sergipe já morava no meu coração, agora ele domina uma parte maior do meu corpo”, completou o deputado.

Por Rede Alese

Foto: César de Oliveira

  Editoria: