Após tumulto na CMA, vereador quer reunir membros da comissão de ética

Após tumulto na CMA, vereador quer reunir membros da comissão de ética
abril 18 09:01 2019 Imprimir Conteúdo

O vereador Lucas Aribé (PSB) um dos membros da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) informou que a Comissão nunca se reuniu, mas que na semana que vem irá solicitar que seja definido o presidente.

Durante a entrevista que concedeu na manhã desta quinta-feira (18), Lucas Aribé comentou sobre o tumulto ocorrido na tarde da quarta (17), quando houve trocas de farpas entre os vereadores Cabo Amintas e  Vinicius Porto.

Lucas preferiu não fazer julgamentos, porém disse que é preciso rever os tratamentos que são dispensados entre os vereadores e acha que “é preciso que haja respeito”.Os vereadores passam dos limites e isso não é bom para o parlamento”, disse Aribé informando que “na próxima semana irei propor um encontro da Comissão de Ética para que tenhamos os encaminhamentos necessários”, avisou.

Sobre a Comissão de Ética, Aribé defende que seja formada, porém não por parlamentares. “Fazemos parte de uma casa política, fica difícil se falar em isenção, com parlamentares avaliando parlamentares”, destacou.

A Comissão de Ética da Câmara é formada Lucas Aribé (PSB), Manoel Marcos (PSDB) e Carlito Alves (PRB).

Versão – na manhã de hoje, o vereador cabo Amintas informou que “o vereador Vinícius Porto está acostumado a se comportar desse jeito. A irritação maior dele é porque eu denunciei em plenário o número extremamente elevado de CC’s que ele contratou em ano eleitoral, saindo de 600  para 1.295 cargos”.

Tentamos entrar em contato com o vereador Vinicius Porto mas ele não foi localizado para comentar sobre o assunto.

  Editoria: