Após denúncia, Cabo Amintas ironiza: “Pode começar as orações”

Após denúncia, Cabo Amintas ironiza: “Pode começar as orações”
setembro 11 15:51 2018 Imprimir Conteúdo

Na manhã desta terça-feira, 11, o vereador e líder da oposição Cabo Amintas (PTB) utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para criticar as declarações do candidato ao Senado, Pastor Heleno (PRB), após denúncia do parlamentar.

Amintas iniciou seu discurso falando sobre o caso de abastecimento ilícito descoberto na semana passada. Em seguida, saiu em defesa dos policiais, criticando as declarações do Pastor Heleno (PRB), citado no depoimento do motorista.

“Eu trouxe uma denúncia, semana passada, de uma prisão que a equipe do Batalhão de Choque brilhantemente fez. Foi preso um elemento que usava um cartão do estado para abastecer um carro particular. E que, segundo ele, esse cartão foi dado pelo Pastor Heleno. Agora, o Pastor diz em algumas emissoras de rádio que vai processar quem divulgou o nome dele. Então comece pelo rapaz que estava com o cartão! E não ameace os policiais achando que seu poder político vai amedrontar a minha polícia”, declarou Cabo Amintas, defendendo os militares.

E completou “os meus policiais ninguém amedronta e ninguém ameaça. Se não eu vou pra cima do senhor, Pastor Heleno, e pode começar as orações… Porque aí o bicho pega, viu? Porque de onde a gente vê essa pontinha do ‘iceberg’ pode sair bem mais coisa”, disse.

Por fim, o parlamentar ainda comparou a denúncia aos seus tempos de polícia, quando a viatura, que servia para prestar serviços à população, tinha limite estabelecido de abastecimento.

“Quantas vezes eu vi, trabalhando, dizerem pra mim ‘a viatura só pode abastecer 20 litros’. Onde é que estão os outros litros pra dar segurança à população? Onde é que está, governador Belivaldo Chagas? Será que os outros litros estão nos carros de luxo das pessoas que apoiaram o seu Governo?”, criticou.

Fonte: Assessoria do parlamentar.

  Editoria: