Ampliação de margem do crédito consignado beneficia todos brasileiros, diz deputado

Ampliação de margem do crédito consignado beneficia todos brasileiros, diz deputado
março 09 13:56 2021 Imprimir Conteúdo

Nesta segunda-feira, 8, a Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória   1006/20, que amplia a margem de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do (INSS), servidores públicos e trabalhadores com carteira assinada de 35% para 40% do valor do benefício. A matéria contou com o apoio do deputado federal e vice-líder do governo, Gustinho Ribeiro (Solidariedade).

Para o parlamentar sergipano, esta foi uma aprovação importante para o brasileiro, principalmente, no momento que o país atravessa. “Estender o percentual e o prazo para os empréstimos foi muito importante. A pandemia trouxe sérios problemas econômicos, essa medida acaba dando um novo fôlego para os trabalhadores brasileiros”, afirmou Gustinho.

O prazo limite para as novas contratações, que tinha acabado em 31 de dezembro de 2020, passará a ser 31 de dezembro de 2021. A MP 1006 amplia o limite de comprometimento da renda dos atuais 35% para 40% – sendo 35% para consignados e 5% para saque ou pagamento de cartão de crédito. Hoje, o limite é de 35%: 30% para empréstimos com desconto em folha e 5% para cartão de crédito. O texto segue agora para o Senado e precisa ser votado até a quinta-feira, 11, prazo em que a MP perde a validade.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: