Alese e UFS estreitam parceria para divulgação de conhecimento científico

Alese e UFS estreitam parceria para divulgação de conhecimento científico
junho 08 14:09 2022

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), deputado estadual Luciano Bispo, recebeu nesta quarta-feira (8) o coordenador da TV e da Rádio UFS, Marcos Cardoso. A visita faz parte da parceria estabelecida entre a Casa e a Universidade Federal de Sergipe que tem como objetivo a realização de produções audiovisuais voltadas à divulgação do conhecimento científico.

Lembrando que a equipe da Universidade esteve na Casa em janeiro deste ano para tratar sobre esse projeto, iniciativa que faz parte das ações do Plano de Desenvolvimento Sustentável de Sergipe (PDSS), estudo produzido pela Assembleia Legislativa de Sergipe visando o crescimento do Estado, principalmente no setor econômico. O presidente Luciano Bispo agradeceu a visita da equipe da UFS, enaltecendo as contribuições que a instituição traz para a sociedade sergipana.

“Eu quero parabenizar e agradecer a presença da UFS aqui dentro mais uma vez para fazer essa parceria, todos temos a ganhar. A UFS é uma instituição muito séria e muito digna para o povo sergipano. Nós, como sergipanos, temos a obrigação de procurar usar melhor a UFS, divulgando o que eles fazem e o que eles podem fazer pela Economia de Sergipe, o que eles podem fazer pela produção no Estado de Sergipe. Temos que ter um carinho especial pela UFS”, ponderou o presidente Luciano Bispo.

O diretor de Comunicação da Alese, Irineu Fontes, comentou que a promoção da Comunicação Pública e Institucional é uma preocupação da atual gestão da Assembleia Legislativa de Sergipe, mencionando os investimentos feitos pelo órgão em seus vários canais de comunicação. O diretor também mencionou que a parceria entre a UFS e a Alese vem no sentido de divulgar o desenvolvimento científico e tecnológico que é produzido em Sergipe.

“Desde a primeira gestão de Luciano Bispo, ele traz para a Assembleia esse formato de levar a informação, quanto melhor, mais transparente, mais democrático para as pessoas. Então esse investimento na TV Alese, na Agência de Notícias, nas redes sociais é uma determinação do próprio presidente. A cada momento, a gente vem buscando inovar para levar o melhor formato para a sociedade. A Universidade é uma parceira importante, porque a Universidade produz cientificamente vários projetos para o fomento do emprego, da renda, melhoria de vida das pessoas e a Assembleia tem essa responsabilidade de mostrar isso para a sociedade. O Plano de Desenvolvimento da Alese diz que a gente precisa ter tecnologia, então qual o melhor parceiro? A Universidade”, comentou o diretor de Comunicação.

TV Alese

O coordenador-Geral da TV Alese, Benildon Santana, acredita que essa parceria com a Universidade Federal de Sergipe vai ser produtiva para ambas as instituições. Ele comentou que, além da boa audiência, a TV Alese também tem uma repercussão positiva no seu canal na plataforma de vídeos Youtube, com cerca de 17 mil inscritos, sendo um dos canais de Assembleia Legislativa mais seguidos na região Nordeste. Benildon atribui esses resultados ao trabalho desenvolvido por toda a equipe de Comunicação da Casa.

“O número de inscritos que nós temos no Youtube, a audiência que a gente tem na TV Alese, com essa parceria com a UFS, a gente vai expandir para um público que já nos acompanha. São cientistas, estudantes. A gente vai transmitir para eles toda a experiência que nós já temos com TV aberta, eles estão entrando agora, para que eles consigam fazer um trabalho de excelência, como hoje a TV Alese faz. São 17 mil inscritos no Youtube da TV, nós somos o quarto canal de Assembleia Legislativa com mais inscritos no Nordeste. É o reflexo do trabalho da equipe inteira: da TV, da Agência Alese, dos apresentadores, produção. Cada vez mais as pessoas estão se interessando por política. Então, a gente é a casa da transparência, coloca a notícia da forma como ela é realmente veiculada. Isso é o resultado de um bom trabalho de toda equipe da TV Alese”, comentou Benildon Santana.

Para o coordenador da TV UFS, Marcos Cardoso, a visita realizada na manhã de hoje vem no sentido de estreitar os laços entre a Alese e a a Universidade Federal de Sergipe. Ele ressaltou a qualidade do trabalho que a TV Alese vem fazendo e aproveitou a oportunidade para conhecer a estrutura da emissora legislativa. Por fim, ele adiantou que a ideia é que a TV UFS seja um canal para mostrar à sociedade todo o trabalho científico realizado pela Universidade.

“A gente quer estreitar esse relacionamento com a Assembleia Legislativa e a TV Alese porque temos projetos em comum, tanto pela emissora daqui como pela UFS. A TV Alese já realiza produtos de muita qualidade, que a gente pode, quando tivermos essa possibilidade, transmitir esse conteúdo, assim como já produzimos conteúdo de qualidade, principalmente divulgando a ciência, as pesquisas e a extensão também. Vamos nos engajar para mostrar a inserção da Universidade nas comunidades em todo o Estado. Na verdade, a gente quer conhecer o funcionamento da TV Alese e também estreitar esse relacionamento. Eu tenho a impressão que estamos todos satisfeitos”, disse Marcos Cardoso.

De acordo com o coordenador de Conteúdo da TV Alese, Thiago Aragão, a ideia inicialmente é ceder alguns materiais feitos pela emissora para que a TV UFS possa reproduzir, a exemplo do programa ‘É de Sergipe’, que visa promover as manifestações culturais sergipanas que se tornaram Patrimônio Estadual, como também o programa ‘Sergipe é o país do Forró’, voltado à promoção das tradições locais.

“Hoje, o conteúdo da TV Alese é voltado ao trabalho Legislativo. Mas o trabalho Legislativo não se refere apenas ao que acontece no Plenário e nas Comissões. O Legislativo está presente em tudo o que a gente percorre, nos ambientes, na pesquisa, na inovação, na Cultura, na Saúde, na Segurança Pública. Todos esses temas passam por aqui. Aqui, nessa visita com a UFS, nós temos um conteúdo que surgiu a partir do Plano de Desenvolvimento Sustentável de Sergipe, que é de pesquisa e inovação, que trata sobre a água, sobre o leite, sobre o queijo, sobre a mandioca. De pesquisas realizadas em universidades. Acredito que esse seja um material importante que vai contribuir com a TV UFS já que é uma emissora de uma universidade tão importante para o Brasil”, finalizou

Foto: Jadilson Simões

Por Ethiene Fonseca

  Editoria: