Albano volta a apelar a Temer para que a FAFEN seja privatizada

Albano volta a apelar a Temer para que a FAFEN seja privatizada
novembro 01 05:36 2018 Imprimir Conteúdo

O ex-governador Albano Franco voltou a apelar ao presidente Michel Temer para que evite o fechamento da FAFEN – Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados e, nesse sentido, pediu que ele recomende empenho por parte da Petrobras para a concretização do processo de privatização ao invés da hibernação, agora anunciada para acontecer em 31 de janeiro do próximo ano.

A conversa foi durante encontro com o presidente Temer, na noite da última terça-feira (30), em Brasília, na Confederação Nacional da Indústria. Albano agradeceu ao Presidente da República o atendimento do pleito feito em 16 de agosto passado, para que ao invés da hibernação anunciada para começar já a partir deste dia 31 de outubro, a Petrobras deflagrasse o processo de privatização.

Ao fazer o agradecimento, o ex-governador disse que estava consciente da missão cumprida, pois, se empenhou e obteve, naquela oportunidade, o compromisso do presidente Michel Temer que a FAFEN não encerraria suas atividades em 31 de outubro e, que os esforços seriam dirigidos no sentido da deflagração do processo de privatização, evitando assim o fechamento da empresa, com todas as conseqüências negativas para Sergipe.

Albano Franco revelou ter recebido telefonema, hoje, do ministro das Minas e Energia, Moreira Franco, que disse ter procurado o presidente da Petrobras, Ivan Monteiro para tratar do assunto, porém, informou que o mesmo está fora do Brasil. O ex-governador entende que se houver empenho da Petrobras é possível que investidores estrangeiros se interessem pela aquisição das FAFEN. Ele mesmo tomou conhecimento, mas, ainda sem confirmação oficial, de que empresários russos estão fazendo tratativas para aquisição da unidade da Bahia.

por Nilson Socorro, assessor

  Editoria: