Adiada a reforma da previdência, anuncia governo federal

Adiada a reforma da previdência, anuncia governo federal
fevereiro 20 06:56 2018 Imprimir Conteúdo

Encerrou noite desta segunda-feira (19), a coletiva de imprensa convocada pelo Governo Federal para anunciar a decisão de suspender a votação da reforma da Previdência Social, prevista para ocorrer ainda neste mês. De acordo com o deputado federal André Moura (PSC), presente à mesa do evento, o decreto de intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro inviabilizou a tramitação da reforma.

“A Constituição federal impede mudanças no seu texto durante períodos excepcionais, como agora. No caso da votação da reforma, ela foi enviada via proposta de emenda constitucional, por isso a votação terá de ser adiada”, explicou o líder no Congresso Nacional. De acordo com André Moura, a intervenção federal se justifica em razão da grave situação da segurança no Rio de Janeiro, cujo descontrole exigiu medidas necessárias a combater a criminalidade.

Questionado se não seria uma desculpa em razão da dificuldade de o governo reunir os votos necessários à aprovação da medida, o deputado foi taxativo: “Como efeito colateral da intervenção, tivemos a suspensão da tramitação da reforma. Não se trata de uma desculpa, até porque, conforme tenho reiterado, caso ela não seja feita num futuro próximo, será um desastre para o Brasil.”

Por Marcelo Gomes

Foto AssCom/AM

  Editoria: