ACDS: “Estamos resgatando a autoestima da crônica esportiva”

ACDS: “Estamos resgatando a autoestima da crônica esportiva”
fevereiro 04 13:11 2019 Imprimir Conteúdo

Ao assumir, a atual diretoria da Associação dos Cronistas Desportivos de Sergipe (ACDS), que tem como período o triênio 2017-2020, partiu logo de imediato para atender os pontos existentes como proposta na chapa para o decorrer da administração. Tendo como primeiro ponto a realização do recadastramento (Outubro de 2017).

“O recadastramento serviu para a diretoria conhecer o quadro funcional da entidade. Ou seja, quantos cronistas verdadeiramente existiam. Número atual corresponde a 60% do que anteriormente existia. Hoje, temos aproximadamente 230 cronistas cadastrados e recadastrados. Sendo 85% religiosamente em dia com a entidade”, enfatiza Adel.

Além disso, foram realizadas visitas aos órgãos da imprensa, convidando os cronistas a filiar-se em sua categoria de classe. Graças a esse trabalho de aproximação da direção da ACDS e cronistas, foi possível a criação de polos da entidade no interior, com coordenações já existentes nas cidade de Estância, Lagarto e Itabaiana.

“Buscamos agregar a categoria, implantando com sucesso um projeto de interiorização da nossa entidade. Aproximando a capital do interior”, esclareceu o presidente Adel Ribeiro.

Outra atitude adotada pela nova gestão foi a busca incessante pela regularização da instituição junto aos órgãos de fiscalização. Com medidas implantadas, segundo Adel, foi possível resgatar o CNPJ (2017) após o pagamento de três multas e obter a certidão negativa junto à Receita Federal, após pagamento de outras multas referentes a anos anteriores de atual administração.

“A entidade contratou um contador para agilizar o processo documental e, consequentemente, viabilizar a situação contábil da Associação”, explicou Adel.

Além disso, foi realizada a revitalização de sede da categoria, com recuperação do material de escritório (outrora danificados), aquisição de som e porta de vidro temperado para o auditório da entidade, e a disponibilidade de espaço de lazer. Ao chegar na ACDS, filiados podem aproveitar para praticar atividades esportivas, desde a prática de futebol de mesa (adquirido por nossa direção), sinucas, dominó, etc.

Mas, o trabalho não parou com isso. Nos dias de jogos (capital e interior – nos clássicos) é oferecido um agradável lanche aos cronistas (através do contrato de parceria com a empresa Hollywood) em atividades ou para aqueles que utilizam o camarote da instituição para conversar e assistir aos jogos.

Nos próximos meses estará sendo implantada a rádio web da ACDS. No momento, em fase de análise de propostas. Com propósito de ser uma oportunidade para os profissionais que estão fora do ar. E, como forma de servir como local de aprimoramento aos cronistas recém diplomados nas áreas de rádio difusão e jornalismo.

“Todos esses benefícios fazem com que a categoria seja tratada com respeito, resgate a credibilidade e tenha bom relacionamento com outras instituições, a exemplo da Federação Sergipana de Futebol e Secretaria de Estado do Esporte.

Vale destacar o apoio e colaboração de todos os cronistas em relação as medidas adotadas por nossa direção.

ASCOM/ACDS

  Editoria: