24 de agosto: Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar

agosto 21 10:53 2019 Imprimir Conteúdo

As ações de capacitação e distribuição de material informativo vão marcar o dia 24 de agosto, Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar. O movimento que acontece em todo Brasil é coordenado em Sergipe pelo Projeto Salve que desenvolve, continuamente, orientação e capacitação em Suporte Básico de Vida, voltado para leigos, com o apoio de voluntários e acadêmicos de várias ligas. O Salve é um projeto sem fins lucrativos que tem como  principal objetivo estimular, e encorajar, a população para o reconhecimento precoce da Parada Cardiorrespiratória (PCR) e a realização, imediata, dos procedimentos iniciais da Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP).

Dados apontam que, aproximadamente 90% das vítimas de parada cardíaca morrem antes de chegar ao hospital. E é justamente para mudar essa triste realidade que o Projeto Salve investe em atividades de conscientização. Em Aracaju(SE), as atividades acontecem no Praça Central de Eventos do Shopping Jardins, das 10h às 22h. O evento é gratuito e não há necessidade de inscrição.

Na edição de 2018 do Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar, 9900 pessoas foram capacitadas em 41 cidades de 22 Estados brasileiros.

Projeto Salve

O Projeto Salve surgiu da aliança de Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência de vários Estados. Atualmente inclui diversas Ligas Acadêmicas da Área da Saúde, a exemplo da Clínica Médica, Emergências Clínicas, Cardiologia, Medicina Intensiva e Neurologia.

Idealizado pelo SAMU192 Sergipe, Sociedade Médica de Sergipe (Somese), Cooperativa dos Anestesiologistas de Sergipe  (Coopanest/SE) e Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBM/SE), o Salve, por meio de seus voluntários, já capacitou, aproximadamente, 5 mil pessoas em Sergipe.

Por Amália Roeder

  Editoria: