2019, um ano perdido

2019, um ano perdido
dezembro 31 07:55 2019 Imprimir Conteúdo

Este 2019 que acaba hoje foi perdido para Sergipe. O governo estadual passou o ano pagando a folha de pessoal com atraso e empurrando compromissos com a barriga. Por sua vez, os servidores estaduais terminam 2019 sem um centavo de reajuste, a saúde permanece falida, o desemprego continua assustando e, mais uma vez, a educação foi reprovada pelos próprios professores. Fortemente atingida pela grave crise econômica e institucional do Brasil, a iniciativa privada encolheu de tamanho, após passar o ano remando contra uma maré de sapos dos diabos. As empresas que sobreviveram chegam ao fim de 2019 com a corda no pescoço. Portanto, este é um ano que não deixa nada de bom para ser festejado e, admitamos, já vai tarde. Apesar dos pesares, feliz 2020!

Reajuste garantido

O sindicato das empresas de ônibus da Grande Aracaju é um dos patrocinadores do Réveillon da capital. Em contrapartida, a Prefeitura deve autorizar um exagerado reajuste no preço da tarifa. Ou seja, os empresários apenas vão antecipar parte do lucro que terão com o aumento da passagem, para a Prefeitura pagar o cachê dos músicos e a queima de fogos de artifício na festa da virada do ano. Como sempre, o povo paga a conta. Marminino!

Mesma moeda

Tem gente no governo sugerindo fazer uma pesquisa junto aos pais de alunos da rede estadual sobre a atuação dos professores em sala de aula. A ideia é mostrar que a categoria não anda com essa bola toda perante a população, pois se preocupa mais com os próprios salários do que em ministrar aulas. Há quem garanta que só a possibilidade de uma pesquisa dessa ordem deixa a maioria dos educadores de cabelos em pé. Cruz credo!

Piso e teto

Enquanto o trabalhador vai receber, em 2020, o salário mínimo de míseros R$ 1.039, quem ganha o teto salarial embolsa gordos R$ 35,462 mensais. Entre estes felizardos estão os ministros do Supremo Tribunal Federal, senadores, deputados e tantos outros. E olhe que, além dos mais de R$ 35 mil, essa galera sortuda ainda tem direito a uma série de mordomias e vai trabalhar no dia que bem entende. Já o miserável do assalariado tem que bater ponto todos os dias e se faltar apenas um, perde o descanso semanal remunerado. Êita Brasilzão desigual!

Fique ligado

A compra de fogos de artifício é muito comum para as comemorações do Réveillon, porém o uso dos artefatos requer cuidados. O Corpo de Bombeiros alerta que o uso dos produtos sempre é arriscado, nunca devendo ser associado ao consumo de bebidas alcoólicas. Os adultos também não podem deixar crianças brincarem sozinhas com fogos de artifício e devem sempre seguir as instruções trazidas nas embalagens. Quem avisa, amigo é!

Haja panos

E o governador Belivaldo Chagas (PSD) promete continuar enxugando a máquina pública em 2020, porém ainda não definiu nada sobre a redução da equipe de auxiliares. Entrevistado pelo Jornal da Cidade desta terça-feira, o pessedista também disse que deseja mexer no secretariado após a virada do ano, “mas as mudanças devem ser pontuais”. Então, tá!

Contra as mordomias

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) postou nas redes sociais que abriu mão da gorda aposentadoria parlamentar. Diferente dele, 10 deputados estaduais e um ex se aposentaram na calada da noite, minutos antes de aprovarem a perversa Reforma da Previdência contra os servidores. Passos revela que, como funcionário do Tribunal de Justiça de Sergipe, “terei somente a aposentaria referente ao cargo que conquistei através de concurso público”. Bravo, bravo!

Fake news

O conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Clóvis Barbosa, nega que pretenda se aposentar compulsoriamente como chegou a ser divulgado. “Todos os meus amigos me recomendam a continuar no TCE. Mas há boateiros de plantão propagando inverdades. Vou continuar lá, ainda que tenha gente trabalhando contra isso e a favor de Flávio Conceição, que deseja se estabelecer na vaga, caso surja”, afirma Clóvis. Misericórdia!

Medo de morrer

Familiares de “Galeguinho da Roupa” temem serem assassinados pelo dito cujo. Apesar das restrições impostas pelo desembargador Alberto Romeu Gouveia Leite, o homem segue metendo medo nos parentes e adversários. Um cunhado, um sobrinho e um irmão de “Galeguinho” foram à Polícia de Itabaiana pedir proteção, pois o cabra continua rondando as casas deles, fazendo ameaças. Temendo serem assassinados, os três imploram à Justiça para, ao menos, decretar a prisão domiciliar do valentão, antes que ele faça uma desgraça na família. Crendeuspai!

Tá Durango Kid?

Sonhou começar 2020 cheio da grana e acordou Durango Kid, sem um tostão furado no bolso? Apoquente-se não, pois é fácil, fácil virar um Tio Patinhas endinheirado: basta fazer um joguinho simples na Mega-Sena da Virada para arriscar ganhar uma bagatela superior a R$ 300 milhões. As apostas podem ser feitas até às 18 horas desta terça-feira. Lembre-se que o prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor é somado ao rateio dos acertadores de cinco números, e assim por diante. Boa sorte e, se ganhar, lembre-se do blog.

Beba todas e mais algumas

Conselho de um bebinho para quem deseja esquecer as agruras de 2019: “Encha a caveira de cachaça neste Réveillon. Quando 2020 chegar, você não se lembra nem quem é, quanto mais do ano findo”. Danôsse!

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano Sergipe Jornal, em 31 de dezembro de 1936.

  Editoria: