“2019 foi um ano dedicado a organizar as finanças”, disse Belivaldo em entrevista

“2019 foi um ano dedicado a organizar as finanças”, disse Belivaldo em entrevista
dezembro 30 14:05 2019 Imprimir Conteúdo

A partir de 2020, Sergipe retomará os seus investimentos, especialmente, na área de infraestrutura, o que consequentemente deverá aquecer a economia e gerar novos empregos para o povo sergipano

O governador Belivaldo Chagas destacou, nesta segunda-feira (30), que para possibilitar a retomada do crescimento de Sergipe, 2019 foi um ano dedicado a organizar as finanças do Estado. Segundo o chefe do Executivo estadual, a partir de 2020, Sergipe retomará os seus investimentos, especialmente, na área de infraestrutura, o que consequentemente deverá aquecer a economia e gerar novos empregos para o povo sergipano. A informação foi dada em entrevista ao Bom Dia Sergipe, da TV Sergipe, com a jornalista Priscilla Bitencourt.

“Passamos o ano de 2019 trabalhando as finanças do estado para que pudéssemos chegar ao ponto que chegamos, pagando mais de R$ 520 milhões aos servidores do Estado de Sergipe somente de 30 de novembro a 30 de dezembro, o que ajudou a aquecer economia. Não tivemos os recursos extraordinárias que inicialmente pretendíamos, mas passamos o ano arrumando a casa, como costumo dizer, para que a gente pudesse realmente colocar as finanças em ordem, pagar os servidores – ainda que não todos dentro do mês, como gostaríamos, mas 70% já recebem dentro do mês e tivemos a tranquilidade de não sair desta regra. Então, foi um ano positivo, pois nos preparamos em 2019 para que, em 2020, já possamos investir”, pontuou o governador.

Belivaldo ressaltou também os avanços em áreas fundamentais ao longo de 2019, como a segurança e a saúde. “É fato que temos que melhorar ainda mais, porém melhoramos muito na área da segurança pública e, para isso, foi preciso disponibilizar recursos, assim como fizemos ao chamar novos policiais militares e queremos ampliar o número dos concursados chamados para o Corpo de Bombeiros. Na saúde, melhoramos muito o atendimento no Huse. A rede está funcionando como um todo, principalmente nessa parceria com o Hospital Cirurgia. Só um exemplo, em 2018, o Hospital Cirurgia faturou, via Secretaria de Estado da Saúde, o equivalente a R$ 53 milhões. O Cirurgia está fechando agora 2019, algo em torno de R$ 73 milhões, portanto R$ 20 milhões a mais. Ou seja, nós compramos mais serviços ao Cirurgia, zeramos a fila de espera para troca de marcapasso. A cirurgias estão acontecendo. Fizemos acabar muitas das filas de espera, dentre outras várias melhorias na rede como um todo”.

Concursos

Questionado sobre novos concursos, o governador esclareceu que, no primeiro momento, a previsão para 2020 é para o certame da Adema. “Faremos nos próximos 90 dias. Quanto as demais áreas, faremos o levantamento das necessidades, mas a prioridade é convocar os policiais que fizeram último concurso, assim como os agentes penitenciário”, disse Belivaldo.

ASN – Foto Marco Vieira

  Editoria: