junho 06 16:45 2018 Imprimir Conteúdo

 

A oposição deve se unir e contribuir para a apuração dos fatos relacionados à CPI do lixo. Criar fatos inverídicos para pautar a imprensa só prejudica os trabalhose, principalmente a população. O alerta foi feito pelo presidente da CPI, vereador Vinícius Porto (DEM)ao se referir as inverdades propagadas pelo vereador Élber Batalha em relação à condução dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito instalada com o objetivo de investigar contratos de coleta de lixo e limpeza urbana firmados entre o município de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e a Torre Empreendimentos.

“A investigação realizada pela CPI do lixo tem como parâmetro o período de 2010 a 2016 conforme requerimento feito pela própria oposição dessa Casa. Não fiz qualqueralteração de data e não há qualquertipo de manobra para impedir a apuração dos fatos.O vereador me acusa de impedir de vir à tona os fatos ocorridos em 2017. Se esse ano não está sendo alvo das investigações é de responsabilidade da própria oposição que não incluiu o período no requerimento”, reforça Vinícius.

O parlamentar frisa que a condução da CPI ocorre de forma séria e transparente. “Só tenho a lamentar essas tentativas de conturbar os trabalhos da CPI. Vamos seguir firme no nosso propósito de esclarecer e apurar os contratos de coleta de lixo e limpeza de Aracaju. A comissão parlamentar de inquérito terá até 120 dias para concluir a investigação”, frisa Vinícius.

Foto Acrísio Siqueira

Fonte assessoria

  Editoria: